Blind exalta semelhanças de van Gaal e Mourinho, mas valoriza dedicação do português

O holandês disse: "Sua filosofia é ligeiramente diferente da de Van Gaal"; Diante do Arsenal, Blind iniciou a partida no banco de reservas

Blind exalta semelhanças de van Gaal e Mourinho, mas valoriza dedicação do português
Blind crê que trabalho de Mourinho foca apenas a vitória (Foto: Michael Steele/Getty Images)

A fase do Manchester United passa longe de ser boa. O clube encontra-se mal tanto na Premier League quanto na Uefa Europa League. No campeonato nacional faz uma campanha decepcionante, ocupando apenas a sexta colocação e estando a nove pontos do líder Chelsea, tendo somado apenas 19 pontos em 12 rodadas disputadas. Já no torneio europeu ocupa apenas a terceira posição do Grupo A, com 50% de aproveitamento, estando atrás de equipes como Feynoord e Fenerbahçe.

Se ontem Juan Mata escreveu em seu blog que acredita na recuperação dos Red Devils, devido ao desempenho que a equipe vem tendo, hoje, Daley Blind resolveu dar declarações ligeiramente polêmicas. O defensor holandês comparou os técnicos Louis Van Gaal e José Mourinho, afirmando que não vê grande diferença entre os dois.

Mata mostra otimismo para futuro do United: "Alcançaremos nossos objetivos"

“Tenho a sorte de ter trabalhado com vários treinadores, aprendo muito com o Mourinho diariamente e ele é um grande homem. Ele é muito parecido com Van Gaal quando se trata de seu compromisso com a equipe. Eles trabalharam juntos, então eu acho que não é coincidência”, disse ao The Telegraph.

Ibrahimovic vê PSG superior ao United e revela influência de Mourinho em ida ao clube inglês

Completando a fala, Blind disse: “Mourinho ganhou o apelido de 'The Special One' por tudo o que conseguiu, é um excelente treinador que tem um olho para os detalhes. Mas sua filosofia é ligeiramente diferente da de Van Gaal. Ele é muito direto, é tudo sobre ganhar”.

O ex-treinador do United foi demitido no fim da última temporada, depois de ser campeão da Copa da Inglaterra, ou FA Cup, tendo ficado à frente do time inglês durante duas temporadas. Nos seus dois anos em Manchester, o holandês não terminou a Premier League antes da quarta colocação, além de ter sido eliminado na fase de grupos da última Uefa Champions League, em grupo com Wolsburg, CSKA Moscou e PSV Eidhoven.

Foto: Clive Brunskill/Getty Images
Foto: Clive Brunskill/Getty Images