Com gols no segundo tempo, Liverpool vence Sunderland e lidera Premier League

Atacante entrou no lugar de Coutinho, lesionado, e marcou o único gol da partida; time volta a vice-liderança caso Chelsea bata o Tottenham

Com gols no segundo tempo, Liverpool vence Sunderland e lidera Premier League
Foto: Divulgação/Liverpool
Liverpool
2 0
Sunderland
Liverpool: Karius; Clyne, Matip, lovren, Milner; Henderson, Can, Wijnaldum (Woodburn, min. 91), Coutinho (Origi, min. 32); Firmino (Lucas, min. 87), Mané. Jurgen Kloop.
Sunderland: Pickford; Jones, Van Anholt, O'Shea, Kone; Denayer, Pienaar (Januzaj, min. 79), Ndong, Watmore (Gooch, min. 79); Defoe, Anichebe. David Moyes.
Placar: 1-0, min. 75, Origi. 2-0, min. 90, Milner.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 13ª rodada da Premier League, realizada no estádio Anfield Road, em Liverpool, na Inglaterra.

Foi com emoção. No Anfield neste sábado (26), o Liverpool recebeu o Sunderland para voltar ao posto de primeiro lugar na Premier League 2016/2017. Mesmo com Coutinho ausente por ter se lesionado, o time da casa contou com a estrela de Origi para abrir o placar e depois com Milner para dar números finais ao jogo, de 2 a 0.

O resultou recolocou a equipe do Liverpool na liderança da competição com 30 pontos ganhos, mesma numeração do Manchester City, porém com um jogo a menos que o Chelsea, que soma 28 pontos. Já o Sunderland, que vinha de duas vitórias seguidas, volta a conhecer a derrota e permanece na lanterna do inglês, com apenas 8 pontos ganhos.

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana. No sábado, o Sunderland volta ao Stadium of Light, o adversário da vez será o Leicester, que também briga na parte de baixo da tabela às 13h. Já o Liverpool entra em campo no domingo, quando vai ai Vitality Stadium para jogar contra o Bournemouth, ás 11h30. Ambas as partidas no horário de Brasília.

O Liverpool começou melhor a partida. Logo aos cinco minutos, o brasileiro Roberto Firmino tenta da entrada da área, mas Pickford agarra com tranquilidade. Os anfitriões seguiam melhor, sofrendo susto apenas aos 16 minutos, mas Pienaar parou na boa defesa do goleiro Karius.

O drama na primeira etapa fico por conta da lesão de Philippe Coutinho. Aos 30 minutos, o atacante pegou sobra de boal dentro da área e, ao apoiar-se mal, dividiu bola com Koné, e acabou levando a pior. O meia foi substituído por Origi, que escreveria seu nome no jogo mais tarde. Ainda não se sabe a gravidade da lesão do camisa 11 da seleção brasileira.

A segunda etapa seguiu com pressão do time da casa. Nos poucos momentos em que os Black Cats usavam para a válvula de scape, logo perdiam o momento. Apesar de manter mais de 80% de posse de bola, o Liverpool não convertia por completo o domínio em perigo para Pickford. Aos 26 minutos, o Sunderland teve chances de abrir o placar, mas a defesa scouser afastou os problemas.

De tanto insistir, o gol do Liverpool saiu. Em jogada individual pelo lado esquerdo, Origi driblou e cortou para dentro, batendo de direita sem chances para Pickford. Já nos acréscimos, Mané faz arrancada saindo do campo de defesa e só parado dentro da área. O árbitro mracou pênalti. Milner foi para a cobrança e bateu no canto oposto de Pickford, dando números finais para a partida.