Otimista, Klopp não crê em lesão grave de Coutinho: "Espero que possa treinar amanhã"

Brasileiro saiu em dores após dividida no jogo contra o Sunderland neste sábado (26)

Otimista, Klopp não crê em lesão grave de Coutinho: "Espero que possa treinar amanhã"
Foto: Clive Brunskill / Getty Images

Durante o combate entre Liverpool e Sunderland que terminou com vitória dos Reds por 2 a 0 na tarde deste sábado (26), o brasileiro Philippe Coutinho machucou o tornozelo em uma dividida com Didier Ndong e saiu de campo demonstrando muitas dores na região contundida. Porém, o técnico da equipe, Jürgen Klopp, se mostrou confiante na recuperação rápida do atleta, afirmando que ele já dizia estar se sentindo melhor no intervalo.

Toda lesão, porém, precisa ser analisada antes de se dar um diagnóstico, independente dos primeiros sinais. E Klopp sabe disso. O alemão irá esperar os exames que devem ser feitos nas próximas hroas para tirar conclusões. Contudo, o treinador não apresenta alguma grande preocupação com o caso.

"Vamos realizar os exames e esperar. O que sabemos até agora é que foi no tornozelo", disse em entrevista depois do jogo. "Ele teve dores. Dores passam. No primeiro momento foi bem doloroso, porém no intervalo ele disse que já estava se sentindo melhor. Sou um cara bem otimista, então espero que ele treine amanhã", completou o ex-Borussia Dortmund.

Até o presente momento da temporada, Coutinho tem se apresentado bem pelos Reds, com cinco assistências e seis gols. Caso se machuque, o brasileiro entra na lista com Sturridge e Lallana, que não jogaram hoje.