Após vitória do United, Mourinho lamenta morte de Caio Júnior: "Vamos sentir muita falta"

Ex-treinador da Chapecoense jogou por equipes portuguesas; Mou se mostra satisfeito com placar e futebol apresentado pela equipe diante do West Ham

Após vitória do United, Mourinho lamenta morte de Caio Júnior: "Vamos sentir muita falta"
Mourinho diz estar comovido pela tragédia da última terça-feira (Foto: Gareth Copley/Getty Images)

O Manchester United recebeu, nesta quarta-feira (30), a equipe do West Ham, no Estádio de Old Trafford. A partida, que foi válida pelas quartas de final da Copa da Liga Inglesa, terminou com a vitória dos donos da casa, por 4 a 1, com gols marcados por Zlatan Ibrahimovic (2x), Anthony Martial (2x) para os Red Devils, enquanto Ashley Fletcher fez para os Hammers. Nas semifinais, o time de Mourinho enfrenta o Hull City.

+ United supera West Ham com dois de Ibra e alcança semifinais da Copa da Liga

Como em muitos jogos disputados no continente europeu, a partida também foi marcada por homenagens às vítimas do trágico acidente aéreo que envolveu o time da Chapecoense. Nessa homenagem, o United escreveu nos telões do Old Trafford a seguinte frase: “United with Chapecoense”. Os Reds Devils também foram vítimas de um acidente aéreo, no ano de 1958.

Após a vitória sobre o West Ham, José Mourinho, que não esteve na beira do campo devido à suspensão, lamentou a morte do técnico Caio Júnior, que atuou como jogador em Portugal por alguns anos, em times como Vitória de Guimarães, Estrela da Amadora e Belenenses.

“Lamento a morte do treinador Caio Júnior, que jogou em Portugal por muitos anos. É alguém de quem vamos sentir muita falta em Portugal, porque ele deixou muitos amigos lá. Obviamente, não dá para, apesar do nosso bom resultado e nosso desempenho no jogo, esquecer a tragédia que vitimou tantos colegas de profissão”, declarou o treinador português.

A morte de Caio Júnior foi lamentada por Mourinho (Foto: Nelson Almeida/Getty Images)
Morte de Caio Júnior foi lamentada por Mourinho (Foto: Nelson Almeida/Getty Images)

+ Clubes europeus prestam homenagens a Chapecoense

Sobre a atuação de seus comandados diante do time londrino, Mourinho acredita que o United portou-se bem, com um belo futebol: “Nós ganhamos confortavelmente com o futebol bonito, atacando. Estou satisfeito com o resultado, porque o desempenho é algo que estamos acostumados. Nós estamos jogando muito, muito bem em casa”.

Finalizando sua entrevista, Mourinho falou sobre o sorteio que definiu o Hull City como adversário das semifinais e também sobre a própria próxima fase. “Eu estava calmo com o sorteio. Se as equipes chegam a esta fase, é porque colocam muita ênfase na competição. As duas partidas trazem um pouco de emoção para o sorteio, porque a situação de jogar em casa ou jogar fora não existe mais, você tem que jogar em casa e fora dessa. Tenho certeza que o Hull City tem uma incrível memória de Wembley e da última temporada, e eles tentarão de tudo para ser chegar lá novamente”, concluiu Mou.