Wenger não vê desculpas para revés e exalta Southampton: "Estavam mais preparados"

Francês também não se arrepende de ter ido a campo com time alternativo, acreditando que a parte física destes foram determinante para a derrota

Wenger não vê desculpas para revés e exalta Southampton: "Estavam mais preparados"
Foto: Shaun Botterill / Getty Images

A Copa da Liga Inglesa é um bom momento para que os times apresentem times alternativos, dando alguma oportunidade para garotos da base ou jogadores que querem mostrar valor. Na noite desta quarta-feira (30), Arsenal e Southampton jogaram com esses times alternativos, no Emirates Stadium, pelas quartas de final da competição. Os visitantes saíram vencedores por 2 a 0, e o técnico dos Gunners, Arsène Wenger, não quis saber de desculpas para o revés, mas enfatizou o mau dia do seu time.

Analisando o embate, Wenger foi incisivo ao dizer que não tem desculpas para se dar, exataltando a atuação do Southampton, enfatizando que os visitantes simplesmente foram melhores na noite das quartas de final.

"De fato não há qualquer desculpa para se dar, eles [Southampton] foram simplesmente melhores. Estavam mais preparados e nós não jogamos bem defensivamente, dando dois gols de graça. Atuação desapontante, diria", comentou após o embate. 

Os Saints marcaram seus dois gols ainda na primeira etapa, com Clasie e Bertrand, dando até mais tempo para que o Arsenal pudesse tentar alguma reação. Porém, o time não conseguiu chegar na rede adversária, fato também lembrado por Wenger na coletiva pós-jogo. 

"Parece ter sido daqueles jogos que poderíamos jogar por duas horas que não iríamos fazer gol", declarou o francês. "Fomos fracos em alguns departamentos e isso nos custou caro. Também não fomos incisivos o suficiente. Eles [Southampton] defenderam de maneira mais profunda e se apresentaram mais encaixado que nós. Tendo dois gols de vantagem, conseguiram defender muito bem", acrescentou. 

Sendo esta competição uma forma de dar chanves a jogadores que não estão jogando regularmente, o comandante do Arsenal foi questionado se arrependia-se de ter colocado um time assim em campo. "Me arrependo é de como o jogo foi", respondeu. "Temos jogando bem ultimamente e quando você olha para os jogadores que foram a campo hoje, é notável a falta física que tinham", finalizou.