Cazorla realizará cirurgia no tornozelo direito e desfalca Arsenal por mais três meses

Espanhol estava em programa de reabilitação na parte contundida desde o último dia 19 de outubro, quando machucou-se contra o Ludogorets pela Champions League

Cazorla realizará cirurgia no tornozelo direito e desfalca Arsenal por mais três meses
Foto: Aurelien Meunier / Getty Images

Na história recente, o Arsenal tem uma fama de ter muitos jogadores contundidos em um mesmo período - ou não -, sendo alguns inclusive em longos termos. Nos últimos anos, porém, isso vem dimiuindo e junto a isso, Santi Cazorla vem no papel contrário. Temporada passada perdeu boa parte dela por lesão e nesta, contudo, foi confirmado no site oficial dos Gunners nesta quinta-feira (1º) que ele irá perder mais três meses de ação. 

O espanhol acabou sentindo o joelho direito no jogo disputado em casa contra o Ludogorets pela Uefa Champions League no último dia 19 de outubro. Não tem jogado desde então, participando fortemente de um programa de reabilitação, contudo o site do Arsenal confirmou que não anda sendo suficiente. 

Por conta disso, o clube entende que é melhor para Cazorla que faça uma cirurgia, portanto o atleta será enviado para a Suécia na próxima semana para realizar tal procedimento. O time da capital inglesa estima que ele esteja de volta aos gramados dentre de três meses, possivelmente nos momentos decisivos do ano na Inglaterra, podendo contribuir para uma arrancada final na tabela. 

"Todos no clube farão o possível para fazer Santi [Cazorla] voltar aos gramados o mais rápido possível", lê-se na nota sobre a lesão no site do Arsenal sobre o jogador de 31 anos.

Na atual temporada, Santi fez 11 aparições, tendo marcado dois gols e três assistências. Na época passada, porém, só pôde estar em campo em 20 oportunidades, devido também à lesões. Não foi às redes, mas contribuiu com cinco assistências ao longo deste período. Nas duas anteriores, esteve em campo em 80 chances entre elas, sendo mais consistentes que as duas últimas, não tendo problemas com contusões. Venceu a FA Cup com o Arsenal em 2014 e 2015, além da Community Shield de 2014 e 2015, sendo os únicos títulos com o clube.