Ponta do Everton, Lennon admite ter superado problemas mentais: "É ótimo estar de volta"

Inglês estava tratando doença relacionada ao estresse e está sem jogar desde 11 de fevereiro

Ponta do Everton, Lennon admite ter superado problemas mentais: "É ótimo estar de volta"
Foto: Arfa Griffiths / West Ham United FC via Getty Images

Quando enfrentamos adversidades, a melhor maneira de conseguir se sentir com tudo ao nosso redor novamente é superando o que tem de ser superado. É assim que Aaron Lennon se apresenta depois de retornar aos treinamentos com o Everton após passar por tratamentos de doenças relacionadas ao estresse. Via conta no Twitter pessoal, o ponta reafirmou, nesta segunda-feira (10), a felicidade que tem de poder voltar a treinar com o seu clube, além de agradecer a todos que demonstraram compaixão com o período difícil que viveu. 

O camisa 12 não joga pelo Everton desde o dia 11 de fevereiro deste ano e três meses mais tarde, o inglês foi encontrado vagando pelas ruas de Salford, região metropolitana de Manchester, onde foi levado por policiais à unidade médica que cuidasse do problema. Desde então, esteve em tratamento e a realização da superação fica estampado nas palavras do atleta, lidas na nota. 

Ex-meia da Seleção Inglesa, Lennon é detido para tratar doença relacionada ao estresse

"É muito bom estar de volta depois de um período complicado [em minha vida]. Tive uma primeira boa semana nos treinamentos [de pré-temporada] e mal posso esperar para o início de tudo", escreveu. 

Para que se possa atravessar um momento difícil, o indivíduo precisa de apoio daqueles do presente e também do passado. Lennon agradeceu àqueles que ajudaram-no. "O apoio que eu tive do Everton, Tottenham, dos torcedores e membros em geral que demonstraram preocupação tem sido sensacional", declarou.

Detido buscando tratar doença em maio, Lennon aparece para pré-temporada do Everton

Ele ainda quis enfatizar a importância que o tratamento tem nessas situações de problemas de estresse ou até mesmo mentais, buscando inclusive passar uma breve mensagem para pessoas que estejam vivendo problemas semelhantes. "É importante para mim enfatizar que existe um apoio incrível por aí e qualquer um que esteja se sentindo fora do normal deve procurar ajuda é incrível poder falar [sobre]", alertou o ex-Tottenham.

Por fim, Aaron agradeceu ao corpo de funcionários dos locais onde foi atendido, dos envolvidos com o Everton, como os colegas de time e membros e funcionários da agremiação em geral, além de não esquecer dos seus familiares e pessoas próximas de si. 


Share on Facebook