Özil encerra especulações sobre saída do Arsenal: "Minha preferência é ficar"

Alemão garantiu que quando voltar a Londres irá iniciar conversas sobre futuro com o clube

Özil encerra especulações sobre saída do Arsenal: "Minha preferência é ficar"
Camisa 11 esteve na apresentação do terceiro uniforme dos Gunners junto a Alexis Sánchez, outro ligado à saída (Foto: David Price / Arsenal FC via Getty Images)

Mesut Özil parece ter acalmado as especulações sobre sua saída de uma vez por todas. Isso porque o alemão entra em último ano de contrato nesta temporada e ainda não se mostrou com vontade de renovar. Até nesta terça-feira (12), durante entrevista na apresentação do terceiro uniforme do Arsenal, na Austrália. O camisa 11 afirmou que planeja ficar em Londres e irá iniciar conversas sobre renovação quando a equipe terminar o tour pela Ásia. 

Özil é tido como peça fundamental para o time do Arsenal junto ao companheiro de equipe Alexis Sánchez. Contudo, ambos estiveram sob forte especulações de possíveis saídas por entrarem em último ano de contrato, embora o chileno tenha sido mais falado. Os Gunners tentaram a renovação de ambos por algumas vezes na temporada passada, sem sucesso. Agora, porém, o alemão parece ter feito sua decisão.

Wenger desmente especulações e diz que Alexis Sánchez não pediu para sair do Arsenal

"É definitivamente minha preferência ficar", declarou o atual campeão do mundo com a Alemanha. "É um clube tão bom e eu sempre disse que me senti bem estando no Arsenal. Quando voltarmos para Londres, iremos nos sentar para discutir o futuro. Por agora, o foco está na pré-temporada, no tour e na forma física", disse Mesut, que ainda reafirmou a discussão do futuro quando voltar à capital inglesa.

Por fim, o ex-Real Madrid comentou sobre a situação Sánchez, garantindo que seria uma perda grande ao clube, diminuindo as pretensões de títulos para o Arsenal. "De fato nos atingiria bem forte, porque Alexis é um jogador que sempre entrega o que se espera. Seria um grande retrocesso e mexeria com nossas chances de disputa por troféus, mas, no fim, é uma decisão do jogador", observou.

O Arsenal joga quatro partidas na Ásia antes de voltar ao Reino Unido, onde joga contra Sidney e Western Sidney Wanderers na Austrália e Bayern de Munique e Chelsea na China. Equipe retorna à terra da rainha para disputa da Emirates Cup. 

Inglaterra