Ex-goleiro da Seleção Inglesa, Paul Robinson anuncia aposentadoria

Aos 37 anos, arqueiro titular do English Team na Copa do Mundo de 2006 e com 375 aparições na Premier League confirmou que está deixando o futebol

Ex-goleiro da Seleção Inglesa, Paul Robinson anuncia aposentadoria
O último clube de Robinson foi o Burnley (Foto: Alex Livessey/Getty Images)

Uma figura conhecida dos últimos anos no futebol inglês anunciou sua aposentadoria nesta segunda-feira (17). Paul Robinson, ex-goleiro titular da seleção inglesa, confirmou aos 37 anos de idade que não irá mais jogar profissionalmente. Ele passou a última temporada inteira da Premier League, pelo Burnley, lutando contra lesões nas costas.

Robinson tem um expressivo número de 375 jogos em 16 temporadas na Premier League e 41 partidas pela seleção inglesa em cinco anos. O agora ex-goleiro, por meio de uma nota oficial, assumiu que não conseguiu se recuperar dos problemas nas costas da última temporada e, somando a outros fatores, tomou a decisão de se aposentar.

Infelizmente meu problema nas costas retornou no fim da última temporada e me impediu de estar pronto para o começo da nova temporada. Levando tudo em consideração, decidi anunciar a minha aposentadoria”, afirmou.

Paul Robinson iniciou sua carreira profissional pelo Leeds United na temporada 1996/97, mas apenas fez seu primeiro jogo em 25 de outubro de 1998, um empate sem gols contra o Chelsea. Após sete temporadas no Leeds, ele foi contratado pelo Tottenham por £ 1,5 milhão. Em White Heart Lane, foram 175 jogos em quatro temporadas – sendo titular em todos os jogos do time na Premier League por duas temporadas seguidas, 2005/06 e 2006/07.

Em 2008 foi contratado por £ 3,5 milhões pelo Blackburn Rovers, onde jogou por sete temporadas – quatro na Premier League e três na Championship, a segunda divisão inglesa. Seu último time foi o Burnley, para onde se transferiu em 2015 e jogou suas duas últimas temporadas. A última partida do arqueiro foi em 4 de março de 2017, uma derrota do Burnley para o Swansea no País de Gales por 3 a 2.

Robinson tornou-se mais conhecido pela sua passagem na seleção inglesa (com 41 aparições), especialmente por ter sido o goleiro titular do English Team na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. Teve uma boa atuação, tomando dois gols em cinco jogos – ambos no empate em 2 a 2 contra a Suécia, na fase de grupos –, mas viu seu time ser eliminado nas quartas de final para Portugal nos pênaltis. 

E como nem tudo são flores, Robinson também foi bastante falado quando, em jogo válido pelas Eliminatórias para a Uefa Euro 2008 contra a Croácia em 11 de outubro de 2006, recebeu um recuo de Gary Neville e não conseguiu acertar a bola no chute de reposição, furando de forma bizarra e cedendo um gol contra, aumentando a vantagem dos croatas para 2 a 0 em Zagreb - placar que definiria a partida.

Robinson foi o #1 da Inglaterra na Copa de 2006 (Foto: Bob Thomas/Getty Images)
Robinson foi o #1 da Inglaterra na Copa de 2006 (Foto: Bob Thomas/Getty Images)

Nota completa de Paul Robinson:

Infelizmente meu problema nas costas retornou no fim da última temporada e me impediu de estar pronto para o começo da nova temporada. Levando tudo em consideração, decidi anunciar a minha aposentadoria. Eu fui um privilegiado por jogar o jogo que amo por tantos anos e construir uma carreira. Quero tirar um tempo para aproveitar minha família e explorar as diferentes opções disponíveis para mim. Gostaria de agradecer sinceramente a minha família e amigos que estiveram comigo durante a minha carreira.

Tive a sorte de jogar por quarto equipes muito especiais e pelo meu país, gostaria de agradecer a todos os fãs e staff de cada um deles, em que pude construir um grande relacionamento. Quero agradecer também a Sean Dyche, Billy Mercer, staff e jogadores do Burnley que me deram a oportunidade de jogar novamente na Premier League aos 37 anos. Em toda a minha carreira, nunca estive em um grupo tão dedicado e trabalhador.

Desejo a eles e a todas as minhas ex-equipes toda a sorte na próxima temporada”.