Newcastle 2017/18: De volta à elite, equipe busca campanha sólida para se manter na Premier League

Sob o comando de Rafael Benitez, os Magpies estão de volta a Premier League e querem surpreender em sua volta.

Newcastle 2017/18: De volta à elite, equipe busca campanha sólida para se manter na Premier League
Foto: Hugo Alves / Editoria de Arte

De volta a Premier League após ter sido rebaixado na temporada retrasada, o Newcastle United está de volta a elite do futebol inglês. A equipe do treinador espanhol Rafael Benítez conquistou o título da Championship de forma eletrizante, após contar com um tropeço do também promovido Brighton & Hove Albion na última rodada.

O St'James Park sempre com lotação máxima em seus jogos e uma torcida fanática pelo clube, são os grandes trunfos da equipe do nordeste inglês para assegurar uma campanha sólida e sem sustos no seu retorno a primeira divisão. Além disso, a direção do clube aposta na base da equipe que venceu a Championship, como uma forma de continuação de um trabalho que vêm rendendo frutos para os Magpies.

Pré-Temporada do Newcastle têm viagem para a Irlanda e amistosos pela Alemanha

O Newcastle adotou a Irlanda como o país para realizar as suas pré-temporadas nos últimos anos. Os comandados de Rafael Benitez foram até a Carton House, um hotel luxoso localizado na cidade de Maynooth, Condado de Kildare e por lá realizou apenas treinamentos, diferente das últimas temporadas, quando a equipe enfrentou equipes irlandesas em suas visitas.

O primeiro amistoso foi realizado contra o Hearts da Escócia, que era dirigido por Ian Cathro, assistente de Rafael Benítez no seu começo pelo Newcastle. O Newcastle venceu por 2 a 1 com dois gols de Dwight Gayle. Logo em seguida foram dois amistosos em territôrio inglês, com uma goleada sobre o Bradford City por 4 a 0 e empate contra o Preston North End por 1 a 1. Na viagem para a Alemanha foram mais dois amistosos, com uma vitória sobre o Wolfsburg por 3 a 1 e derrota para o Mainz 05 por 2 a 1. Neste domingo(6), os Magpies encerram sua pré-temporada recebendo o Hellas Verona da Itália no St'James Park.

Sem grandes reforços de peso, time aposta em seu elenco atual 

O elenco atual do Newcastle não deve sofrer mudanças significativas em seu retorno para a Premier League. Na tentativa de trazer reforços pontuais para o elenco, a equipe fez cinco contratações para esta temporada.

Os grandes destaques foram o zagueiro Florian Lejeune que foi contratado junto ao Eibar por cerca de 8,5 milhões de libras e o winger Jacob Murphy que estava no Norwich e foi o reforço mais caro do clube nesta temporada. O clube do Nordeste inglês teve que desembolsar cerca de 12,5 milhões de libras para contratar o jogador dos canários e da seleção sub-21 da Inglaterra.

Lejeune foi um dos grandes destaques na boa campanha do Eibar na La Liga e liderou a estatística de mais interceptações na competição. Já Murphy é titular da seleção de base da Inglaterra e foi um dos destaques da campanha do Norwich na última Championship com 9 gols marcados, sendo 2 deles contra o Newcastle.

Além deles, se juntaram ao elenco o lateral-direito, Javier Manquillo, que pertencia ao Atlético de Madrid e estava emprestado ao Sunderland na última temporada, o volante Mikel Merino, que vêm de empréstimo com obrigação de compra junto ao Borússia Dortmund e o winger Christian Atsu que estava emprestado ao Newcastle pelo Chelsea na última temporada e o clube decidiu exercer a compra do jogador.

Rafael Benítez tem a liberdade necessária para realizar bom trabalho

Contratado para evitar o rebaixamento do clube na temprada de 2015/16, Rafael Benítez não teve êxito em sua missão. O espanhol chegou ao clube na 30ª rodada da competição para tentar consertar o terrível legado deixado por Steve McClaren, o seu antecessor no clube. Apesar da queda, a equipe perdeu apenas três jogos sob o comando de Benítez e a torcida implorou pela sua permanência, fazendo uma grande festa na última rodada da competição, quando a equipe goleou o Tottenham por 5 a 1. O cenário claramente deixou o técnico mexido, já que em seu contrato havia uma cláusula que permitia a sua saída em caso de queda da equipe.

Rafa decidiu ficar. O treinador com títulos marcantes no currículo como a Uefa Champions League e a Uefa Europa League, teria uma missão que nunca havia passado em toda sua carreira: jogar a segunda divisão. Um início irregular com duas derrotas nos dois primeiros jogos colocaram um questionamento em seu trabalho, mas o treinador teve a paciência e o apoio da torcida para dar continuidade em uma parceria que deu muito certo. O Newcastle acabou sendo campeão da Championship, batendo o recorde do clube em vitórias fora de casa(14 no total) e subiu para a Premier League com muita moral.

Expectativas

Todo clube que consegue o acesso para a primeira divisão de seu país, busca em sua primeira temporada se manter e a partir da temporada seguinte alcançar vôos mais altos. No Newcastle não será diferente e a equipe busca superar o mercado internacional inflacionado para se manter na elite.

Com clubes como Everton e West Ham gastando milhões de libras na montagem de seus elencos, o Newcastle que não possui o mesmo poderio financeiro, aposta na base de sua equipe campeã na Championship mais o acréscimo de reforços pontuais para dar ainda mais qualidade a equipe.

O grande defeito da equipe na temporada passada que era a defesa acabou sendo reforçada mas acabou sofrendo alguns gols nesta pré-temporada. O grande questionamento fica na lateral-esquerda da equipe, já que o galês Paul Dummett parece possuir uma grande confiança por parte de Rafael Benítez mas é questionado por grande parte da torcida e na reserva, as opções seriam o francês Massadio Haidara e o marroquino Achraf Lazaar, mas ambos devem ser negociados pelo clube. No ataque, Dwight Gayle vai liderar a linha de frente com Aleksandar Mitrovic como reserva imediato, mas o clube ainda busca um substituto para Daryl Murphy que foi negociado com o Nottingham Forest.

Fica claro que o objetivo do Newcastle é ir somando pontos para quem sabe sonhar com uma posição mais privilegiada na tabela, mas o objetivo inicial certamente é se manter na Premier League.