Liverpool 2017/2018: Volta à UCL e grandes chances na Premier League

Segundo mais campeão nacional e inglês com mais títulos da Champions, reds tentarão ser ainda melhores nesta temporada

Liverpool 2017/2018: Volta à UCL e grandes chances na Premier League
Arte: Hugo Alves/Editoria de Arte

Vaga garantida na Uefa Champions League na 38° rodada da Premier League passada. Liderança nas primeiras semanas do inglês. O Liverpool tentará nesta temporada corresponder nos dois principais campeonatos que disputará em 2017/18. Liderados por Jurgen Klopp, os reds tentarão o primeiro título de PL de sua história.

A equipe 19 vezes campeã nacional terá um calendário mais extenso em relação ao ano anterior, já que voltará a disputar torneio continental e é apontada como grande favorita para as Copa da Inglaterra e Liga inglesa. 

Time base: Mignolet; Clyne, Lovren, Matip, Robertson; Henderson, Can, Coutinho; Firmino, Salah, Mané.

Pré-temporada animadora

A equipe inglesa entrou em campo pelo primeiro jogo de pré temporada no dia 19 de julho. O Liverpool foi até Hong Kong para a disputa da Premier League Asia Trophy, torneio amistoso organizado pelos ingleses. Na primeira fase, a equipe bateu o Crystal Palace por 2 a 0 e na final derrotou o Leicester City por 2 a 1, garantindo a taça da competição.

Em seguida, o time de Klopp foi para um período na Alemanha. No dia 29, a equipe passou fácil pelo Hertha Berlim por 3 a 0. Dias depois foi a vez da disputa da Audi Cup. Na melhor apresentação da preparação, o Liverpool não tomou conhecimento e venceu o Bayern de Munique por 3 a 0. Na final, prevaleceu o empate em 1 a 1 contra o Atlético de Madrid mas nas penalidades deu o time espanhol por 5 a 4.

Os principais jogadores da equipe estiveram em bons momentos. Philippe Coutinho, Sadio Mané e o novo reforço Mohamed Salah deixaram suas marcas com gols, assistências e belas jogadas que empolgaram o torcedor.

Foto: Divulgação/Liverpool
Foto: Divulgação/Liverpool

Investimento em reforços pontuais

A base foi mantida. O Liverpool não precisou ir ao mercado para remontar seu elenco ou buscar atletas para preencher lacunas deixadas por algum jogador importante no esquema tático que saiu do clube inglês.

Até o momento, o principal reforço vem da Itália. O meia atacante Mohamed Salah chegou da Roma por 37 milhões de libras (R$ 156 milhões) com status de ser um dos titulares no setor ofensivo. Na última temporada o jogador de 25 anos marcou 15 gols em 34 aparições. Outros dois atletas chegaram: o atacante de 19 anos Dominic Solanke, vindo do Chelsea e o lateral-esquerdo Andrew Robertson, de 23 anos de idade, que atuava no Hull City.

O time ainda busca alguns nomes para fechar o ciclo de contratações. Um meia e um zagueiro ainda são prioridades. O Liverpool tentou as contratações de Naby Keita (RB Leipzig) e de Virgil Van Dijk (Southampton) mas não fecharam acordo com o clube. Outros nomes podem ser levados em conta.

Teve também gente indo embora. A principal perda foi de Lucas Leiva. O volante de 31 anos, dez deles dedicados aos scousers, viajou até a Itália para fechar com a Lazio. Kevin Stewart (Hull City), Connor Randall por empréstimo (Heart-ESC) e Andre Wisdom (Derby County) foram outras saídas. 

Salah é o principal reforço do Liverpool (Foto: Getty Images)
Salah é o principal reforço do Liverpool (Foto: Getty Images)

Klopp terá mais um ano inteiro para conquistar título

O prestígio é alto. Um dos principais treinadores da Europa. A expectativa do Liverpool para qualquer competição passa pelo brilhantismo de Jurgen Klopp como comandante. No entanto, desde que chegou em outubro de 2015, o alemão ainda não conquistou nenhum título com o clube, mas as mudanças de postura, esquema e vibração já são evidentes.

Dentro das quatro linhas o time segue sendo veloz. Com a chegada de Salah, o esforço físico com e sem a bola deverão ser a tônica mais uma vez. O 4-3-3 também deverá ser um dos principais esquemas utilizados. A dúvida é se o alemão vai utilizar Milner mais vezes na lateral esquerda, se também vai usar Lallana centralizado ou homem pelo lado direito. O sérvio Zeljko Buvac segue também como seu assistente.

Klopp é esperança (Foto: Getty Images)
Klopp é esperança (Foto: Getty Images)

Expectativas

Se confirmada a permanência de Philippe Coutinho (Barcelona anda insiste), o Liverpool briga por título da Premier League embora ainda esteja atrás de alguns times como Chelsea, Tottenham e Manchester City. Na Uefa Champions League, o pensamento ainda é humilde. Sem sequência na competição, a equipe não terá obrigação de ganhar ainda nesta temporada. 

Para que o time se candidate de uma forma incisiva, é preciso ainda se reforçar. A zaga, setor de pouca confiança, deve ter uma contratação em breve. A temporada será longa e desgastante, o elenco precisa ficar mais recheado.