Antonio Conte projeta força da Premier League e ano mais difícil de sua carreira em 2017

Treinador do Chelsea espera um grande desafio na temporada 2017/2018; para Conte, equilíbrio da Premier League é um diferencial no mundo

Antonio Conte projeta força da Premier League e ano mais difícil de sua carreira em 2017
(Foto: Jordan Mansfield/Getty Images)

Às vésperas do confronto decisivo contra o Arsenal, pela final da Supercopa da InglaterraAntonio Conte trouxe a público suas expectativas para o andamento da temporada 2017/2018 com a equipe do Chelsea. Em entrevista coletiva na manhã deste sábado (05), o comandante dos Blues afirmou ter convicção de que este ano será o mais difícil de sua carreira; Conte ainda declarou que espera grandes desafios graças à força e ao equilíbrio da Premier League.

"Existem muitas razões para eu sugerir que essa próxima temporada vai ser complicada, a mais difícil da minha carreira. Tenho essa percepção. (...) Na Inglaterra, a pressão é sempre alta. Essa é a liga mais forte do mundo, são seis times prontos para brigar pelo título. Apenas uma equipe pode conquistá-lo, e só outros três conseguem chegar à Champions League", afirmou.

Conte também garantiu que o Chelsea irá lutar pelo título inglês até o fim; para o treinador, a alta pressão que ele coloca em si mesmo o ajuda a sempre dar seu máximo pela equipe. 

"Queremos lutar pelo título até o final, mas não vai ser fácil. Estamos trabalhando muito para alcançar esse objetivo. A pressão é sempre a mesma. Eu boto pressão em mim mesmo e isso me ajuda a dar o meu máximo", completou.

Ao final da coletiva, o técnico lamentou o fracasso do Chelsea diante do Arsenal na final da Copa da Inglaterra (FA Cup), mas preferiu direcionar seu foco para a nova final neste domingo (06).

"Foi uma pena perder a final da Copa da Inglaterra para o Arsenal depois de uma temporada tão boa para nós, mas agora temos outro confronto pela frente. Sabemos que o Arsenal é um time forte. Estamos esperando um jogo muito difícil, e queremos começar a temporada com uma vitória. (...) Quero ver um bom jogo, tanto pelos jogadores quanto pelos torcedores", concluiu Conte. 

Chelsea e Arsenal se enfrentam às 10h deste domingo (06) pela grande final da Supercopa da Inglaterra


Share on Facebook