Jogador do Manchester United, Juan Mata doará parte de seu salário para caridade

Espanhol já havia declarado que os valores recebidos por futebolistas eram rídiculos, e agora convida colegas a fazer parte do projeto

Jogador do Manchester United, Juan Mata doará parte de seu salário para caridade
Foto: Andrew Surma/NurPhoto via Getty Images

Em um momento em que o mundo está surpreso com os valores da negociação de Neymar para o PSGJuan Mata, meia do time inglês Manchester United, anunciou que doará um por cento de seu salário para a Common Goal, fundação que apoia caridades de futebol.

De acordo com a imprensa inglesa, o espanhol recebe cerca de £ 7 milhões por ano, o que destinaria em torno de £ 70 mil (R$ 258 mil) à instituição em um período de doze meses. Em entrevista, Mata falou sobre a causa e convidou seus companheiros de profissão a fazer o mesmo.

"É um pequeno gesto que, se compartilhado, pode mudar o mundo" - Juan Mata

"Uma das primeiras lições que aprendi no futebol foi que é preciso uma equipe para ganhar um jogo. Através do Common Goal, estamos criando uma maneira colaborativa para o futebol ajudar a sociedade. Peço aos meus colegas que se envolvam também, pois o futebol pode mudar a vida de milhões de pessoas ao redor do globo. Então, vamos tentar usar esse poder para o melhor".

Wenger vê Sánchez como pilar para Arsenal disputar título inglês: "Quer vencer sempre"

O anúncio da iniciativa veio em um vídeo divulgado no site da fundação, em que o jogador aparece jogando sozinho contra um time inteiro e perde a partida, transmitindo a mensagem de que o sucesso só vem em grupo. Veja:

"Estou procurando mais dez pessoas - seja técnicos, jogadores, jogadoras, gente de todo o mundo. Não precisam ser meus companheiros de time, mas também de equipes que já enfrentei. Queremos construir algo que faça a diferença", explica. "Pode soar como como clichê, mas é verdade".

Juan Mata viajou pela Ásia e falou sobre as desigualdades com que o povo não só dessa região, mas de todo o planeta, sofre. Através do Common Goal, o dinheiro do futebol pode ajudar a melhorar a vida de muitos jovens e adultos.

"Viajar para lugares como a Índia, onde podemos ver tanto extrema pobreza como extrema riqueza, nos faz perceber que o mundo poderia ser um lugar mais equilibrado", afirmou. "A renda gerada com transferências na Inglaterra até agora é de cerca de £ 1 bilhão, e ainda temos mais um mês de mercado. Pense na diferença que uma fração desse dinheiro pode fazer nas vidas ao redor do globo".

É possível acessar o site do Common Goal clicando aqui. A iniciativa conta com somente 1% do salário dos jogadores envolvidos na causa, e segue o lema "Essa meta precisa de um para começar. E todos para terminá-la".


Share on Facebook