Conte lamenta fracasso na Supercopa e defende Courtois: "É um de nossos melhores batedores"

Em entrevista coletiva, treinador do Chelsea analisou derrota na final da Supercopa da Inglaterra; Conte ainda defendeu Courtois, que desperdiçou uma das cobranças de pênalti dos Blues

Conte lamenta fracasso na Supercopa e defende Courtois: "É um de nossos melhores batedores"
À beira do gramado, Conte lamenta desempenho do Chelsea na final da Supercopa da Inglaterra(Foto: Shaun Brooks/ActionPlus via Getty Images)

Após ver o título da Supercopa da Inglaterra escapar nas cobranças de pênalti contra o Arsenal, Antonio Conte não deixou de demonstrar sua frustração com o resultado em campo. Além do fracasso, o treinador do Chelsea salientou a recorrência de polêmicas de arbitragem contra os Blues, mas reforçou a importância de respeitar as decisões do juiz.

“É decepcionante terminar com dez jogadores pela segunda vez diante do Arsenal, depois da final da Copa da Inglaterra. Honestamente, eu não vi as imagens (referentes à expulsão de Pedro) e também não vi o lance do cartão amarelo do Willian. Muitas pessoas me disseram que o pênalti foi claro e é óbvio que existe uma frustração, mas temos que respeitar as decisões do árbitro. É que, às vezes, essas decisões te deixam um pouco irritado. (...) É a segunda vez que isso acontece: na Copa da Inglaterra também ocorreu um erro controverso contra nós”, afirmou.

Em entrevista pós-jogo, Conte ainda analisou brevemente o desempenho do Chelsea na partida e projetou o futuro da equipe na Premier League, que começa no próximo sábado (12) para os Blues. O treinador ainda falou sobre o pênalti perdido por Courtois na definição da Supercopa, saindo em defesa do goleiro belga.

“Sobre a partida, acho que foi um jogo difícil para ambas as equipes. Tentamos vencer, tentamos melhorar nossa condição física porque em seis dias também temos a estreia na liga. Agora, o mais importante é continuar trabalhando e tentar melhorar nossa equipe. (...) Courtois é um dos nossos melhores batedores de pênalti. Se você tem um jogador que demonstra ser um dos melhores durante os treinamentos, você o escolhe para bater a penalidade. Não esqueçam que Morata é um atacante e fez o mesmo (perdeu a cobrança)”, completou.

A entrevista terminou quente: em meio a polêmica, o treinador do Chelsea mostrou-se incomodado com as recorrentes perguntas envolvendo Diego Costa. Após Diego disputar uma série de partidas pela seleção da Espanha recentemente, Conte enviou mensagens ao atacante afirmando que não contava mais com sua presença no elenco do clube inglês. Diego, publicamente insatisfeito, afirmou que os Blues precisariam, então, “vendê-lo por uma barganha”; o atacante deve transferir-se para o Atlético de Madrid.

“Espero no futuro ter outra pergunta para responder que não seja sobre a necessidade de melhorar o nosso elenco, ou algo sobre nossos artilheiros”, finalizou Conte.

Comandado por Antonio Conte, o Chelsea faz sua estreia na Premier League no próximo sábado (12), às 11h, em partida contra o Burnley.


Share on Facebook