Reformulado, Man City pega estreante Brighton na abertura da Premier League

Seagulls jamais jogaram no novo formato da primeira divisão; Citizens aposta em novidades para nova temporada

Reformulado, Man City pega estreante Brighton na abertura da Premier League
Foto: Hugo Alves / Editoria de Arte VAVEL Brasil
Brighton
Manchester City
Brighton: Ryan, Suttner, Dunk, Duffy, Bruno; Knockaert, Stephens, Propper, Brown, Gross; Hemed.
Manchester City: Ederson, Walker, Stones, Otamendi, Kompany, Danilo; Toure, De Bruyne, Silva, Sané; Gabriel Jesus
ÁRBITRO: Michael Oliver.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela primeira rodada da Premier League 2017/18, a ser realizada no Amex Stadium em Brighton.

Na abertura da temporada 2017/18, o Brighton & Hove Albion recebe o Manchester City de Pep Guardiola no Amex Stadium. A partida será neste sábado (12), às 13h30, pelo horário de Brasília. 

O Brighton chega a Premier League como vice-campeão da última Championship, após perder o título para o Newcastle na última rodada. Já o Manchester City terminou a última temporada na terceira colocação com 78 pontos e conseguiu uma vaga direta na fase de grupos da Uefa Champions League.

Manchester City 2017/18: Guardiola e suas primeiras pinceladas pós-reformulação

As equipes se enfrentaram apenas 17 vezes em toda a história. A primeira vez pela Premier League será neste sábado, já que o Brighton é estreante no formato atual. Os Citizens venceram oito desses jogos, com cinco empates e quatro vitórias dos Seagulls. Foram 31 gols marcados pelo Manchester City e 24 pelo Brighton.

Após bom investimento, Brighton espera iniciar a competição com o pé direito

O Brighton & Hove Albion jogará a Premier League pela primeira vez na sua história. Após o vice-campeonato da Championship, os Seagulls mantiveram a base da ótima campanha da temporada passada e trouxeram reforços que quebraram os recordes de transferências da história do clube.

O clube confirmou um acordo com o Club Brugge da Bélgica para a transferência do winger colombiano Jose Izquierdo. Os valores não foram divulgados, mas segundo alguns tablóides, trata-se da transferência mais cara da história do clube, superando a contratação do meia Davy Pröpper do PSV que chegou pelo valor de £ 10 milhões também nesta pré-temporada.

Para o jogo contra o Manchester City, a equipe do técnico Chris Hughton não poderá contar com o meia Beram Kayal, que sofreu uma fratura na tíbia e deve ficar pelo menos 3 meses fora dos gramados. Outro que não joga é o atacante Sam Baldock, também por lesão. Por outro lado, a equipe conta com a volta da estrela da companhia, o francês Anthony Knockaert, eleito o melhor jogador da última Championship, o winger dos Seagulls estava lesionado e perdeu parte da pré-temporada, voltando apenas a atuar no último amistoso contra o Atlético de Madrid.

O técnico Chris Hughton afirmou que é normal todos estarem muito empolgados com a estréia na Premier League, mas que todos da equipe devem voltar a realidade para que os Seagulls não sofram em seu retorno a primeira divisão.

"O trabalho se iniciou a partir do momento que conseguimos o acesso. O fato de os jogadores e torcedores celebrarem o acesso por um período de tempo é normal, mas precisamos voltar para a nossa realidade", afirmou o treinador.

O treinador ainda lamentou a grave lesão sofrida por Kayal durante o último amistoso contra o Atlético de Madrid. Apesar disso, o técnico afirmou que ocorreu tudo bem na cirurgia e que conta com o jogador para o restante da temporada.

"Foi uma notícia muito ruim para nós e para ele. Esperamos que ele volte a treinar em cerca de 12 semanas. A boa notícia é que deu tudo certo na sua cirurgia, então não esperamos nenhum tipo de complicação no seu estado", concluiu.

Com enormes gastos, City inicia trajetória para busca de primeiro título na era Guardiola

O terceiro lugar na última temporada não agradou a torcida e nem a diretoria do Manchester City que esperavam muito mais da equipe sob o comando de Pep Guardiola. Após o término da época, jogadores experientes e que estavam a mais tempo no elenco acabaram deixando o clube, como foi o caso do goleiro Caballero, dos laterais Zabaleta, Sagna e Clichy e o winger Jesus Navas.

Com a dispensa de três laterais e a saída de Kolarov para a Roma da Itália, os Citizens precisavam ir ao mercado para repor as peças que se foram. A equipe quebrou todos os recordes financeiros pagos a um defensor para contratar o lateral-direito Kyle Walker junto ao Tottenham por £ 50 milhões e o lateral-esquerdo Benjamin Mendy do Mônaco que veio por £ 52 milhões. Além deles, o brasileiro Danilo se juntou ao time de Guardiola, com os Citizens pagando cerca de 30 milhões de euros para sua contratação junto ao Real Madrid.

O técnico Pep Guardiola afirmou em entrevista coletiva que não poderá contar com o lateral-esquerdo Mendy e o volante Gündogan, que estão contundidos e ainda afirmou que sempre espera jogos duros no início de qualquer competição.

"O Mendy e o Gundogan não estão disponíveis para este jogo mas voltarão em breve. Em minha experiência como técnico, o começo da temporada é sempre muito díficil. Eu percebi na última temporada o quão díficil é esta liga", afirmou.

Guardiola acredita que o City encontrará dificuldade nos primeiros jogos e que o objetivo da equipe é vencê-los, não importa o placar ou a qualidade da partida desenvolvida pela equipe.

"Os times que são promovidos exigem muito dos outros clubes em seus primeiros jogos, por isso espero um jogo muito complicado, mas tentaremos de tudo para vencer esta estréia", terminou.

Inglaterra