Emocionante! Em jogo de duas viradas, Arsenal bate Leicester na abertura da Premier League

Partida contou com sete gols ao todo e virada em três minutos no fim para os Gunners, que viu os Foxes serem valentes o embate todo

Emocionante! Em jogo de duas viradas, Arsenal bate Leicester na abertura da Premier League
Giroud foi quem marcou o quarto e gol da vitória do time da casa (Foto: Shaun Botterill / Getty Images)
Arsenal
4 3
Leicester
Arsenal: Cech; Holding (Giroud 67'), Monreal, Kolasinac; Bellerin, Elneny (Ramsey 67'), Xhaka, Oxlade-Chamberlain; Ozil, Welbeck (Walcott 75'); Lacazette.
Leicester: Schmeichel; Simpson, Morgan, Maguire, Fuchs; Mahrez, Ndidi, James (Iheanacho 82'), Albrighton; Okazaki (Amartey 72'), Vardy.
Placar: 1-0, min. 2, Lacazette. 1-1, min. 5, Okazaki. 1-2, min. 29, Vardy. 2-2, min. 45+2, Welbeck. 2-3, min. 56, Vardy. 3-3, min. 83, Ramsey. 4-3, min. 86, Giroud.
ÁRBITRO: Mike Dean. Amarelo: Wes Morgan 90+3'.
INCIDENCIAS: partida válida pela primeira rodada da premier league, realizado no emirates stadium, em londres, inglaterra.

A Premier League está de volta! E o retorno da competição não poderia ser diferente: o Arsenal recebeu e venceu em jogo de sete gols e com duas viradas o Leicester, na tarde desta sexta-feira (11), no Emirates Stadium, em Londres. Logo na primeira rodada, os Gunners tiveram que suar para vencer os Foxes, que foram às redes com Vardy duas vezes e Okazaki. O time londrino fez tentos com Giroud, Ramsey, Lacazette e Welbeck

O resultado dá a liderança do certame para o time de Arsène Wenger, assim como coloca o de Craig Shakespera na lanterna. É natural, visto que é o jogo de abertura da Premier League, que ainda contará com os outros nove confrontos do fim de semana. Clubes esperam definição dos embates restantes para saberem suas reais posições.

Já no próximo final de semana, os times retornam a campo pela segunda rodada do torneio. O Arsenal viaja para Stoke-on-Trent para combater o Stoke City, no próximo sábado (19), enquanto que o Leicester, no mesmo dia, recebe o recém-promovido Brighton. 

Intensidade é característica e primeiro tempo termina com empate por 2 a 2

O início do jogo foi extremamente intenso, bem ao estilo Premier League de ser. O Arsenal abriu o placar no Emirates logo no primeiro minuto de jogo, com Lacazette, que recebeu cruzamento na medida de Elneny e mandou para o fundo das redes para fazer o gol de abertura do campeonato em seu jogo de estreia. Mas, três minutos depois, o Leicester conseguiu empatar o embate com um gol de Okazaki, que aproveitou cabeçada de Maguire para o centro da área e cabeceou para as redes que estavam abertas. 

Com o passar do tempo, a partida foi se esfriando um pouco, embora de maneira lenta. Os visitantes pressionaram no campo de ataque, provocando dificuldades na saída de bola do Arsenal em momentos importantes do jogo. Esse high pressing acabou resultando no começo da jogada do tento de virada dos Foxes, que aproveitaram robada de bola e partiram em velocidade pela esquerda até que fizeram cruzamento para Vardy, que só teve o trabalho de empurrar para o gol, dando a liderança ao time de azul. 

Depois do gol, o time de Shakespeare se sentiu mais à vontade no jogo, visto que o Arsenal continuava tendo problemas na sua saída de bola pela defesa, se recusando a rifar a bola, característica do time. A insistência pelo gol de empate só aconteceu no fim do primeiro tempo, e ela acabou sendo válida quando Welbeck recebeu passe na área depois de confusão com defesa do Leicester e empurrou para o barbante, igualando o placar e dando mais conforto ao seu time no retorno para a etapa complementar. 

Segundo tempo é ainda mais emocionante e vê Arsenal virando em três minutos no fim 

Iniciando a etapa final, o Leicester continua sendo melhor que o adversário, embora a sua chegada mais perigosa no começo tenha sido em um contra-ataque, quando Vardy recebeu bola entre a zaga e tentou avançar, porém Cech saiu muito da área para poder afastar o perigo com os próprios pés, salvando o perigo de gol. Contudo, minutos depois, o time de Craig Shakespeare tomou a frente do placar de novo, quando Vardy aproveitou bola na área em escanteio e cabeceou para o fundo das redes, fazendo 3 a 2.

Depois daí, o Arsenal continuou com o jogo irregular, da forma como se apresentou após o gol no primeiro tempo. O Leicester conseguia controlar o jogo da sua maneira, embora os donos da casa tentassem impor uma pressão para buscar o resultado positivo. Depois de algumas mudanças táticas, como a entrada de Giroud por Holding que alterou o sistema de jogo do 3-4-2-1 para o tradicional 4-3-2-1 ofensivo, com os alas se apresentando mais e linha altíssima na defesa.

Após a mudança, os Gunners conseguiram ser mais eficientes, ainda que Amartey tenha entrado no lugar de Okazaki para dar mais presença no meio de campo e estabilidade numérica aos visitantes. Num espaço de três minutos (entre 38 e 41), o time da casa conseguiu a virada emocionante. Ramsey, primeiro, recebeu bola de Xhaka na área, dominou já avançando e bateu forte, cruzado, para vencer Schmeichel. Depois com Giroud, de cabeça, em cobrança de escanteio. O mal defensivo do Arsenal acabou lhe rendendo uma vitória, visto que esse gol foi o número final do embate. 


Share on Facebook