Agüero marca, Jesus tem dois anulados e City vence Brighton fora de casa

Comandados de Pep Guardiola superam organização defensiva do adversário no segundo tempo e marcam duas vezes

Agüero marca, Jesus tem dois anulados e City vence Brighton fora de casa
Victoria Haydn/Manchester City FC
Brighton
0 2
Manchester City
Brighton: Ryan; Bruno Saltor, Duffy, Dunk, Suttner; March (Knockaert, min. 77), Stephens, Pröpper, Brown (Murphy, min. 24); Grob, Hemed (Murray, min. 60). Técnico: Chris Hughton.
Manchester City: Ederson; Kompany, Stones, Otamendi; Walker, De Bruyne, Fernandinho, David Silva, Danilo (Sané, min. 68); Agüero (Bernardo Silva, min. 83), Gabriel Jesus (Sterling, min. 78). Técnico: Pep Guardiola.
Placar: 0-1, min. 70, Agüero. 0-2, min. 75, Duffy (GC).
ÁRBITRO: Michael Oliver (ING). Cartões amarelos: Gabriel Jesus (min. 29), Sterling (min. 82).
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da Premier League, realizada no Falmer Stadium, em Brighton e Hove, Inglaterra.

No último jogo da estreia da Premier League 2017/18 disputado neste sábado (12), o Manchester City bateu o Brighton, por 2 a 0, no Falmer Stadium, em Brighton e Hove. Os dois gols saíram no segundo tempo, graças a Sergio Agüero e Shane Duff (contra). O atacante brasileiro Gabriel Jesus teve dois gols anulados, um na primeira etapa e outro na segunda. A partida marcou a primeira aparição da história do Brighton na Premier League.

Com o resultado, o Manchester City alcança três pontos e fica na segunda colocação, atrás do Huddersfield Town – venceu o Crystal Palace por 3 a 0, ou seja, tem um saldo de gols maior que o dos citizens. Vale ressaltar que o time de Pep Guardiola pode cair algumas posições, visto que Newcastle, Tottenham, Manchester City e West Ham fecham a rodada, neste domingo (13). Já o Brighton aparece na 19º posição, sem pontos.

O City dá uma pausa na Premier League para disputar um amistoso contra o Girona, um clube parceiro dos citizens. O jogo ocorrerá na terça-feira (15), às 13h, em Girona. O Brighton, por sua vez, enfrentará o Leicester City, no próximo sábado (19), às 11h, no King Power Stadium, pela segunda rodada da liga inglesa.

Bem estruturado, Brighton segura City

Como já era previsto, o Manchester City dominou as ações ofensivas no começo do primeiro tempo, no Falmer Stadium. Os citizens tinham alto volume de jogo: encurralava o Brighton no campo defensivo, controlava a posse de bola e rondava a todo instante a grande área. Porém, a primeira boa chance de gol aconteceu aos 23 minutos. David Silva alçou bola para a área, e Stephens quase desviou para a própria meta.

O Brighton, por sua vez, busca surpreender o City em jogadas de contra-ataques. Vez ou outra, os defensores e meio-campistas acionavam a dupla de atacantes, Grob e Hemed, utilizando bolas longas. Mas os seagulls tinham muita dificuldade diante da organizada recomposição defensiva da equipe de Pep Guardiola.

Os donos da casa realizaram um primeiro tempo impecável defensivamente. Distribuído em um 4-4-2, marcavam atrás da bola e fechava muito bem os espaços, para evitar infiltrações do adversário. Aos 27 minutos, Gabriel Jesus balançou as redes para os visitantes, mas usou o braço direito para marcar. O árbitro Michael Olivier anulou o tento e aplicou cartão amarelo ao atacante.

O time de Manchester conseguiu “destrancar” apenas uma chance: após ótima triangulação na ponta direita, Agüero cruzou na cabeça de Gabriel Jesus, que exigiu grande intervenção de Ryan; o brasileiro ficou com o rebote, mas acertou a trave.

City aproveita erros do Brighton e marca dois

As equipes voltaram ao segundo tempo sem alterações. O reinício de jogo foi eletrizante. Isso porque o City, que girava a bola de um lado a outro, visando encontrar espaço nas compactadas linhas do Brighton, chegou duas vezes com perigo.

Primeiro, Gabriel Jesus marcou seu segundo gol invalidado no jogo. David Silva tabelou com Fernandinho, recebeu na área e entregou para o brasileiro empurrar ao gol. O meia espanhol, contudo, estava impedido. Depois, Duffy errou na saída de bola, deixando Agüero cara a cara com Ryan; mas o camisa 10 do City mandou para fora.

Após a pressão dos comandados de Pep Guardiola, o Brighton foi empurrado pela torcida e assustou a meta do arqueiro brasileiro Ederson. Depois de confusão na área, a bola sobrou para Duffy finalizar rasteio, à direita, tirando tinta da trave. Logo em seguida, Pröpper soltou um foguete de longa distância, animando os torcedores.

O Brighton se empolgou com os dois lances de perigo e passou a sair para o jogo. Porém, um erro contra o Manchester City pode ser fatal. Com a defesa dos seagulls desorganizada, De Bruyne deu o ladrão em Stephens, tocou para David Silva, que entregou de primeira a Agüero bater no canto direito de Ryan.

Cinco minutos após abrir o placar, o City anotou o segundo tento e matou o confronto. Fernandinho foi à linha de fundo e alçou bola para a área, Duffy dividiu com Gabriel Jesus e marcou gol contra, sacramentando a vitória do City, no Falmer Stadium, por 2 a 0.