Novo reforço, Oxlade-Chamberlain enaltece Liverpool: "Admiro o clube desde que conheci futebol"

Diversos assuntos foram comentados pelo novo reforço: escolha pessoal, posição em campo, Jurgen Klopp

Novo reforço, Oxlade-Chamberlain enaltece Liverpool: "Admiro o clube desde que conheci futebol"
Oxlade-Chamberlain em entrevista (Foto: Divulgação/Liverpool)

O Liverpool foi pouco ativo na última semana de janela de transferências até o dia 1° de setembro. No dia 31 de agosto, o clube anunciou a chegada do meia Alex Oxlade-Chamberlain, ex-Arsenal, com valores girando em torno de 35 milhões de libras. Única chegada aos reds nessa semana que já atuará nesta temporada (Naby Keita só atuará pelo Liverpool em 2018).

Ox, como também é conhecido, concedeu entrevista a TV oficial do Liverpool nesta quarta-feira (6), uma semana após sua contratação. O atleta inglês estava defendendo a atuação de seu país, que venceu Malta e Eslováquia nas partidas de 7° e 8° rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo 2018.

O meia destacou sua chegada a nova casa, comentando sobre seus companheiros que o cumprimentaram: "Foi muito bom, tem sido uma experiência muito boa até agora, todos são muito amigáveis, os meninos foram todos ótimos, toda a equipe foi muito legal. Subi as escadas esta manhã para receber meu café da manhã e todos foram muito acolhedores e a comida foi incrível, então não pude ter um começo melhor."

A história do Liverpool também foi pauta da entrevista de Oxlade-Chamberlain. Para o meia ex-Arsenal, o alicerce que carrega o clube foi um dos fatores para a chegada na nova casa além do ambiente em que encontra-se o time. "Eu admirei o clube desde que conheci futebol, parece incrível. Para mim, pareceu ser a escolha perfeito no meu desenvolvimento futuro. Eu sou ambicioso, eu quero ganhar as coisas também, e eu acho que essa é uma equipe que pode continuar fazendo isso. Tudo se encaixa muito bem para mim e, espero, essas coisas possam vir a frente e se tornar realidade."

"Ox" em seu última momento pelo Arsenal, justamente contra o Liverpool (Foto: Michael Reagan/Getty Images)

Outro assunto da entrevista foi o técnico Jurgen Klopp. Ox fomentou sobre seu relacionamento com os jogadores e como sua estrutura tática pode ser importante. "Ele é uma personalidade realmente interessante e alguém que parece muito inspirador para as pessoas que nem sequer estão envolvidas no clube. Observando ele, [você vê] sua paixão e quanto ele se importa com o jogo."

"O que se destacou para mim foi o relacionamento dele com os jogadores, quão perto ele parece se relacionar dentro e fora do campo. Isso é enorme e é uma grande vantagem quando você está procurando crescer, tendo esse relacionamento com o gerente, ajuda E então, obviamente, a maneira como suas equipes jogam, é  uma inspiração para mim e foi uma das razões fundamentais - se não o principal motivo - que senti que este lugar era definitivamente o lugar para mim.", completou Chamberlain, enfatizando que Klopp é o "cara certo" para ajudar no crescimento da carreira do inglês.

Oxlade-Chamberlain também falou sobre um assunto importante, tendo sido um dos motivos para que sua saída do Arsenal fosse uma realidade: posição onde joga. No Arsenal, na maioria das vezes atuava pelos lados do campo, na maior parte delas pela ponta direita. O jogador da seleção inglesa prefere jogar pelo meio e nunca escondeu essa preferência.

"Eu falei sobre isso por cerca de seis anos, toda a minha carreira, onde vou jogar ou onde gostaria de jogar. Apenas digo que eu gostaria de ser um meia-atacante. Eu falei com o treinador sobre isso, haverá muitas posições [disponíveis] nesta equipe: na frente, porque os alas jogam um pouco mais para dentro, ou no meio-campo. Eu não gostaria de colocar um rótulo sobre isso ainda no início, eu preciso ter uma ideia de como a equipe joga e, obviamente, é o técnico quem vai decidir.", afirmou Ox.

O Liverpool volta a campo neste sábado (9) contra o Manchester City às 11h no Etihad Stadium, casa dos Citizens. As duas equipes tem a mesma pontuação (sete pontos em três jogos). Oxlade-Chamberlain não começará jogando a partida e pode entrar no decorrer do confronto.