Times da Premier League decidem finalizar janela de transferências antes do início da temporada

Com a mudança, ingleses ainda poderão vender atletas até o fechamento do mercado europeu, mas não poderão contratar

Times da Premier League decidem finalizar janela de transferências antes do início da temporada
A incerteza acerca de Diego Costa foi um dos motivos que levou à aprovação da regra (Foto: Michael Regan/Getty Images)

Nesta quinta-feira (7), a Premier League anunciou que a janela de transferências da próxima temporada fechará antes dos primeiros jogos oficiais. A notícia foi divulgada após a aceitação dos clubes ingleses em alterar a regra, algo que já estava sendo discutido há alguns meses.

Com tal mudança, as janelas das próximas épocas ficarão abertas até a última quinta-feira antes dos torneios ingleses começarem. Em 2018, por exemplo, os britânicos poderão contratar até o dia 9 de agosto. É um adiantamento significativo, visto que, neste ano, os times puderam fazer transferências até o dia 31.

Por 14 segundos, Fifa não libera documentação do meia Adrien Silva para o Leicester

Vale ressaltar que a nova regra se aplica somente à compra de jogadores. Dessa forma, os atletas que atuam na Inglaterra ainda poderão trocar de liga, já que há outras janelas de transferências que fecham posteriormente.

De acordo com a imprensa britânica, a ideia foi aceita por causa de situações incertas de determinados jogadores. Foi o caso, por exemplo, de Philippe Coutinho Diego Costa, que estiveram envolvidos em muitas especulações, mas acabaram permanecendo em seus clubes.

Coutinho já foi reintegrado aos Reds (Foto: Divulgação / Liverpool FC)
Coutinho já foi reintegrado aos Reds (Foto: Divulgação / Liverpool FC)

Quem chega e quem sai: todas as contratações e vendas do futebol inglês

A alteração é vista com bons olhos pelo presidente da Uefa, Aleksander Ceferin. Em entrevista ao jornal The Times, ele demonstrou apoio em relação às conversas, existentes entre os clubes do velho continente, sobre o tema.

"Estou consciente que há sérias discussões pela Europa sobre a janela de verão, e nós estamos acompanhando os casos de perto. Na minha visão, não é bom que jogadores joguem por um time no começo da liga e terminem em outro. Por isso, eu diria que a janela é muito longa e apoiaria encurtá-la", disse.