Kane tem dia inspirado, marca 100º gol e Tottenham supera Everton fora de casa

Camisa 10 ainda marcou o 101º, além de atuação impecável no âmbito ofensivo; Toffees sofrem segunda derrota na Premier League

Kane tem dia inspirado, marca 100º gol e Tottenham supera Everton fora de casa
Atuação segura e marca pessoal definem a tarde do atacante inglês (Foto: Jan Kruger / Getty Images)
Everton
0 3
Tottenham
Everton: Lloris; Trippier, Alderweireld, Sanchez, Vertonghen, Davies; Dier; Sissoko (Winks 78'), Eriksen (Dembélé 71'), Dele; Kane (Son 85').
Tottenham: Pickford; Martina, Keane, Williams, Baines; Schneiderlin, Gueye (Vlasic 80'); Sigurdsson, Rooney, Klaassen (Davies 45'); Sandro (Calvert-Lewin 45').
Placar: 1-0, min. 28, Kane. 2-0, min. 42, Eriksen. 3-0, min. 46, Kane.
ÁRBITRO: Graham Scott. Amarelos: Williams 5', Alderweireld 13', Gueye 57', Rooney 88'.
INCIDENCIAS: partida válida pela quarta rodada da premier league 2017/18, realizado no goodison park, em liverpool, inglaterra.

Ídolos são feitos de diversos modos, mas a reafirmação deles são poucos que conseguem. Harry Kane parece ter conquistado isso neste sábado (9) ao marcar o 100º e 101º gols com o Tottenham, na vitória sobre o Everton por 3 a 0 fora de casa pela quarta rodada da Premier League 2017/18. Eriksen foi às redes para fazer o terceiro tento dos Spurs no jogo.

O triunfo em Liverpool coloca o time londrino na quinta colocação com agora sete pontos ganhos em quatro partidas, enquanto que os Toffees recuam para a 15ª colocação depois de contarem com a sua segunda derrota em sequência no certame. O time de Merseyside não tem chance de entrar na zona de rebaixamento nesta rodada. 

Depois dos compromissos que as equipes enfrentarão pelo futebol europeu no meio de semana, retornam no próximo final de semana a jogar pela Premier League. O Tottenham joga no sábado (16), em casa, contra o Swansea às 13h30, enquanto que o Everton visita o Manchester United um dia depois às 12h. 

Equilíbrio inicial é quebrado, Tottenham domina parte do primeiro tempo e abre dois de vantagem

A partida começou bem morna, com os dois times sem forçar nada no âmbito ofensivo, utilizando esse período para conhecer a proposta de jogo que o adversário mostraria para o combate. Ninguém estava tentando se jogar ao ataque nos pirmeiros minutos, priorizando a cautela. Só aos cinco minutos que o Everton chegou no ataque pela primeira vez, com um escanteio, mas sem sucesso no decorrer da jogada. 

O Tottenham chegou com perigo pela primeira vez aos 11 minutos, quando Eriksen recebeu bola recuada na área e arriscou o chute com perigo, mas passou à direita de Pickford. Os visitantes passaram a gostar mais do jogo, e as oportunidades começaram a aparecer mais vezes conforme o tempo foi passando, tornando a partida para os Spurs mais natural na altura dos 15 minutos. 

Aos 20 minutos, Sigurdsson aproveitou bola que caiu no seu peito, dominou ali e arriscou de primeira sem deixar a bola cair, de frente para o gol na entrada da área, mas a redonda subiu muito. Eriksen, novamente, recebeu bola na área, mas Martina conseguiu ganhar a disputa de espaço e fez o dinamarquês perder o controle da bola, ficando fácil para Pickford. 

A insistência dos Spurs foi bem recompensada aos 28 minutos, quando Harry Kane, na ponta direita, vê Pickford mal posicionado e manda para o gol, encobrindo o inglês e abrindo o placar para os visitantes. A resposta do Everton veio três minutos depois com Ramírez, que chutou de primeira dentro da área, mas o espanhol viu a bola bater na zaga. 

O segundo gol do Tottenham veio aos 41 minutos, quando Davies chutou forte e cruzado da esquerda, Pickford deu rebote e Eriksen, bem posicionado, apenas mandou para o fundo do barbante, colocando certeza na dominação até aqui dos visitantes. Com um chute de fora dois minutos depois, Alderweireld tentou aumentar o placar, mass mandou muito por cima. Alli teve uma chance mais possível nos acréscimos, mas acabou furando no cruzamento de Kane. Um minuto depois, o atacante inglês chegou para sua tentativa, mas errou o arremate. 

Kane faz o seu segundo no jogo e fecha placar para Tottenham

O Tottenham não quis esperar muito para já chegar no terceiro gol. Com segundos de bola rolando na segunda etapa, Kane aproveitou cruzamento rasteiro para a área e mandou para o gol, sem grandes dificuldades, fazendo o seu segundo no jogo. Além dos dois gols no jogo, o camisa 10 ainda serviu os companheiros para grandes oportunidades, assim como uma bola enfiada para Eriksen, mas o chute do dinamarquês foi defendido pelo arqueiro oponente. 

No minuto seguinte, no oitavo, Kane apareceu chutando na pequena área, mas Pickford fez nova defesa. O Tottenham, depois daqui, conseguiu ter mais controle de bola do jogo, cadenciando mais a partida e conseguindo uma boa noção de que sairia com a vitória do Goodison Park, sensação parecido por parte do Everton, que foi aceitando o resultado. 

O Everton bem que pressionou nos minutos finais, tentando diminuir o prejuízo e evitar a segunda derrota seguida na competição, mas sem sucesso. Defesa do Tottenham conseguiu segurar o Clean Sheet, quando o time não toma gols no dia, e ganha moral para o restante do campeonato.