Após confusão, Wenger acredita que Arsenal não deve ser punido pela Uefa: "Seria injusto"

Técnico ainda revelou o que pensou no momento do adiamento, além de todas as possibilidades por trás da situação

Após confusão, Wenger acredita que Arsenal não deve ser punido pela Uefa: "Seria injusto"
Francês ficou de fora da UCL pela primeira vez desde que assumiu em 1996 (Foto: Catherine Ivill / Getty Images)

Antes da vitória do Arsenal contra o Colônia nesta quinta-feira (15) em partida válida pela Uefa Europa League, uma confusão foi instaurada nos arredores do Emirates Stadium por causa da superlotação de torcedores visitantes. A Uefa julgará os dois times pelos problemas, mas, para Arsène Wenger, técnico dos Gunners, a agremiação que comanda não deveria ser condenada no julgamento. 

Dos quase 20 mil torcedores dos alemães que viajaram a Londres, apenas três mil deveriam estar presentes. Os outros 17 mil tentaram comprar ingressos para setores do time da casa - venda estrita apenas aos torcedores da casa. 

O Arsenal será julgado no próximo dia 21 de setembro por bloquear escadas, enquanto que o Colônia irá por quatro outras acusações. Wenger, porém, acredita que seria 'injusto' se os Gunners fossem punidos.

"Seria completamente injusto porque eu acho que nos preparamos bem antes do jogo para parar as pessoas que não fossem torcedores do Arsenal tentando comprar ingresso", disse à Sky Sports News. "No geral, pelo o que eu ouvi, a maioria dos incitantes vieram da venda de ingressos por parte de cambistas. Estamos completamente abertos para abrir um inquérito, mas em relação à nossa parte, acredito que organizamos o jogo bem", declarou. 

O técnico francês também falou na entrevista pós-jogo que é bem difícil lidar com atrasados repentinos e revelou que pensou em todo tipo de possibilidade para a espera nos vestiários. "Esperamos pacientemente, porém especulações acabam passando em nossas cabeças", afirmou.

"Eu comecei a pensar na possibilidade de adiar para sexta, que horas seria ou para a próxima semana, mas nesse último caso não daria certo, visto que o Colônia teria compromisso na Bundesliga e nós pela Copa da Liga. Em um certo momento, eu pensei que não teria o jogo, já que a polícia não gosta de tomar riscos", relatou. 

Na partida, Jhon Cordoba abriu o placar para os visitantes logo com dez minutos de bola rolando, mas o Arsenal conseguiu reverter o placar na segunda etapa, com gols de Alexis Sánchez, Sead Kolasinac e Héctor Bellerín para triunfar por 3 a 1 e liderar o Grupo H com três pontos. BATE Borisov e Estrela Vermelha, outros integrantes da chave, empataram em 1 a 1.