Agüero dá show, destroça Watford, e City constróiterceira goleada consecutiva

Atacante argentino marca hat-trick, distribui assistência a Gabriel Jesus e vira destaque na goleada citizen fora de casa

Agüero dá show, destroça Watford, e City constróiterceira goleada consecutiva
Agüero foi o dono do jogo no Vicarage Road (Foto: Dan Mullan/Getty Images)
Watford
0 6
Manchester City
Watford: Gomes; Janmaat, Mariappa, Kabasele, Holebas; Chalobah (Capoue, min. 70), Doucouré; Carrillo, Cleverley (Pereyra, min. 64), Richarlison; Gray (Gray, min. 74). Técnico: Marco Silva.
Manchester City: Ederson; Walker, Stones, Otamendi, Mendy; De Bruyne (Gündogan, min. 66), Fernandinho, David Silva (Sané, min. 78); Sterling, Agüero, Gabriel Jesus (Bernardo Silva, min. 65). Técnico: Pep Guardiola.
Placar: 0-1, min. 27, Agüero. 0-2, min. 31, Agüero. 0-3, min. 38, Gabriel Jesus. 0-4, min. 64, Otamendi. 0-5, min. 81, Agüero. 0-6, min. 89, Sterling.
ÁRBITRO: Andy Taylor (ESC). Cartões amarelos: Holebas (min. 29), Doucouré (min. 40).
INCIDENCIAS: Partida válida pela quinta rodada da Serie A, realizada no Vicarage Road, em Watford, Inglaterra.

Mesmo jogando no Vicarage Road, o Manchester City não tomou conhecimento do Watford, neste sábado (16), e goleou por 6 a 0. O grande destaque da partida foi o atacante Sergio Agüero, autor de três gols. Gabriel Jesus, Nicolás Otamendi e Raheem Sterling também marcaram. O jogo valeu pela quinta rodada da Premier League.

A goleada aplicada pelo City sobre o Watford foi a terceira consecutiva do time de Pep Guardiola. No último sábado (9), os Citizens fizeram 5 a 0 no Liverpool, no Etihad Stadium. Quatro dia depois, na abertura da fase de grupos da Uefa Champions League, 4 a 0 diante do Feyenoord, em Roterdã. Ao todo, são 15 gols em três jogos.

Com o resultado, o Manchester City assume provisoriamente a liderança da Premier League. Os Citizens chegam a 13 pontos e, agora, secam o arquirrival Manchester United, vice-líder com três pontos a menos, que enfrenta o Everton, em Old Trafford, neste domingo (17). Já os Watford, com oito pontos, cai para o décimo lugar.

Agora, o City faz uma pausa na Premier League e se prepara para a estreia na Copa da Liga. Quarta-feira (20), às 16h, pegará o West Bromwich, no The Hawthorns. Pela Premier League, enfrentará o Crystal Palace, no Etihad Stadium, às 11h do próximo sábado (23). O Watford, por sua vez, vai ao País de Gales encarar o Swansea, no Liberty Stadium.

City é superior e marca três vezes

Jesus deixou sua marca na goleada, após passe de Agüero (Foto: Dan Mullan/Getty Images)
Jesus deixou sua marca na goleada, após passe de Agüero (Foto: Dan Mullan/Getty Images)

O técnico Pep Guardiola mudou o sistema de jogo do time do Manchester City para a partida no Vicarage Road. A equipe citizen, que antes vinha jogando no 3-5-2, estava distribuída num 4-3-3 para enfrentar o Watford. O plano de jogo, no entanto, seguiu o mesmo: laterais bem avançados, gerando amplitude, jogo apoiado, triangulações, pressão no campo do adversário...

O início de partida ficou muito concentrado no lado direito do City, com Walker, De Bruyne e Sterling criando muitas ações por lá. De Bruyne e David Silva se destacavam no meio de campo, buscando passes em diagonais para Agüero e Gabriel Jesus. O Watford, por sua vez, se fechava para evitar espaços ao time visitante.

Apesar do bom nível de jogo do City, a equipe quase não assustou a meta do brasileiro Gomes nos 20 minutos iniciais. Porém, tudo mudou quando saiu o primeiro gol. Em jogada de bola parada, De Bruyne achou Agüero dentro da área; em posição duvidosa, o argentino fez 1 a 0 a favor dos Citizens.

Depois, dois gols originados em função de marcação-pressão exercida pelo City no campo de defesa do Watford. Gabriel Jesus ganhou de Janmaat na força física, passou para David Silva, o espanhol mandou para a pequena área, e Agüero empurrou às redes. Sete minutos depois, o brasileiro Jesus recebeu do argentino e bateu no cantinho.

O time de Manchester terminou o primeiro tempo com 71% de posse de bola. O Watford foi engolido pelos comandados de Pep Guardiola, e a única chance de gol saiu de um cruzamento de Holebas desviado na área por Richarlison.

City transforma vitória em goleada

Três gols e uma assistência: dia perfeito de Agüero (Foto: Richard Heathcote/Getty Images)
Três gols e uma assistência: jogo perfeito de Agüero (Foto: Richard Heathcote/Getty Images)

O City voltou mais desligado do intervalo e chegou a sofrer pressão do Watford no reinício de jogo. Não à toa, Guardiola estava mais agitado do que o normal à beira do campo. O problema dos Hornets, contudo, era chegar com clareza ao gol defendido por Ederson.

No entanto, apesar do nível de jogo dos donos da casa ter aumentado no segundo tempo, o City se recuperou na partida e voltou a imprimir um ritmo forte. Agüero deixou a bola para David Silva, e o espanhol soltou uma porrada de canhota, exigindo boa defesa de Gomes. No lance seguinte, saiu o quarto gol: David Silva cruzou na cabeça de Otamendi, e o zagueiro testou para o fundo das redes.

Com o duelo decidido, Pep Guardiola realizou algumas alterações, visando evitar o desgaste físico – choveu bastante no primeiro tempo. Primeiro, tirou Gabriel Jesus para colocar Bernardo Silva; depois, trocou De Bruyne por Gündogan.

O Watford, que também realizou alterações, quase diminuiu o prejuízo aos 72 minutos. Após desvio de cabeça de Richarlison, Capoue testou com perigo. O City respondeu de imediato, e com um golaço de Agüero. O camisa 10 deixou três adversários pelo caminho, tocou na saída de Gomes e marcou um lindo gol.

Antes do fim de jogo, deu tempo para o sexto: Sterling foi derrubado na área por Kabasele. Pênalti. O próprio meia-atacante inglês cobrou e converteu, colocando ponto-final ao confronto.

De pênalti, Sterling fechou o caixão do Watford (Foto: Richard Heathcote/Getty Images)
De pênalti, Sterling fechou o caixão do Watford (Foto: Richard Heathcote/Getty Images)