Segue a maldição: em jogo de ataque contra defesa, Tottenham empata com Swansea no Wembley

Spurs deixaram de ganhar sete pontos em casa nesta temporada, três a mais que na passada inteira; Swans se afastam do Z-4

Segue a maldição: em jogo de ataque contra defesa, Tottenham empata com Swansea no Wembley
Kane quase movimentou o placar na segunda etapa, mas parou no travessão (Foto: Steve Bardens / Getty Images)
Tottenham Hotspur
0 0
Swansea City
Tottenham Hotspur: Lloris; Trippier, Alderweireld, Sánchez, Vertonghen; Dier, Sissoko (Aurier 63'); Eriksen, Dele, Son (Llorente 73'); Kane.
Swansea City: Fabianski; Naughton, Fernandez, Mawson, Van der Hoorn (Routledge 85'), Olsson; Clucas, Sanches (Fer 58'), Carroll; Ayew, Abraham (Bony 71').
ÁRBITRO: Mike Dean. Amarelos: Van der Hoorn 62', Carroll 85', Alderweireld 87', Routledge 90+3'
INCIDENCIAS: partida válida pela quinta rodada da premier league 2017/18, realizado no wembley, em londres, inglaterra,

Os problemas do Tottenham com Wembley pela Premier League continuam por ora. Neste sábado (16), os Spurs receberam o Swansea no lendário estádio, mas o empate sem gols prosseguiu pelos 90 minutos em partida válida pela quinta rodada da temporada 2017/18 - o terceiro dos londrinos na casa provisória. O embate sem gols foi o primeiro em 30 jogos como mandante que a equipe de Pochettino não conseguiu marcar um tento; última vez havia sido em janeiro de 2016.

O segundo empate da agremiação do norte da capital inglesa rendeu o oitavo ponto de 15 possíveis, se posicionando na quinta colocação da tabela de classificação. Todos os sete pontos que deixou de ganhar até agora foram perdidos em seus domínios (na temporada passada deixou de somar apenas quatro em casa). Os Swans, por outro lado, sobe para a 14ª posição, agora com cinco pontos ganhos e coloca mais times entre a zona de rebaixamento. 

Na próxima rodada, o Tottenham irá visitar o West Ham, no sábado (23), às 8h30. Os galeses jogam no mesmo dia, mas às 11h, contra o Watford sob seus domínios no sul do País de Gales. Horários de Brasília. 

Equipes não saem do zero em primeiro tempo morno

Começando a entender o Wembley como uma 'nova casa', o Tottenham começou o primeiro tempo mais em cima do adversário, tendo mais a bola, fazendo um jogo onde controlava o ritmo. Alli teve uma oportunidade aos quatro minutos, mas acabou mandando por cima do gol, e Son, seis minutos depois, apareceu pela esquerda chutando com força para o gol, mas Fabianski fez bela defesa para mandar a escanteio. 

A partir daí, o jogo ganhou um ar pouco mais morno, mas ainda tendo os anfitriões com a bola por mais tempo. Acostumado a jogar num espaço mais curto, os Spurs parecem ter dificuldades em conseguiu adaptar o estilo de jogo para um gramado mais espaçado, como é o caso do Wembley. Essa incompatibilidade aliada à boa defesa feita pelo Swansea, deixou o jogo mais lento, à mercê de cruzamentos para a área que não tinha tanto jogador de branco para desviar. 

Os galeses, por sua vez, entraram com uma postura de futebol bem defensivo, tentando se aproveitar de uma bola num contra-ataque ou em bola parada, mas que não teve no primeiro tempo. Um susto para Fabianski aconteceu próximo dos 40 minutos, com Son, que cruzou para a área e viu um desvio da zaga quase colocar a bola para dentro do gol, mas seguiu caminho diferente da meta.

Van der Hoorn subiu mais alto que todo mundo em um cruzamento vindo do escanteio já na casa dos 40 minutos, mas mandou por cima do gol. Vertonghen tentou arriscar de fora da área já aos 45, mas o goleiro adversário caiu para encaixar a bola. 

Fabianski foi fundamental também com defesas difíceis (Foto: Steve Bardens / Getty Images)
Fabianski foi fundamental também com defesas difíceis (Foto: Steve Bardens / Getty Images)

Tottenham pressiona, mas 'maldição' continua perseguindo e jogo termina em empate sem gols

O segundo tempo começou com o Tottenham tentando chegar no ataque de maneira mais rápido e com mais volume de jogo. Um cruzamento e um chute de fora da área foram proferidos com menos de dois minutos naquela altura. O perigo real aconteceu aos 12 minutos, quando Fabianski fez bela defesa em chute de Son e, na sequência, Kane recebeu cruzamento na entrada da pequena área e bateu com força de primeira, mas a redonda explodiu no travessão. 

Aos 18, Son recebeu levantamento na área e conseguiu dominar e virar um voleio muito rápido, mas a marcação bloqueou para escanteio. Na cobrança, o mesmo sul-coreano recebeu cobrança próximo à linha e viu Fabianski fazer a defesa para novo escanteio em chute à queima-roupa. No novo escanteio, Kane acertou a cabeça na bola e o goleiro polonês, no reflexo, mandou para outro tiro de canto. 

O Tottenham começou a ensaiar uma pressão quando o relógio foi se aproximando do fim do embate, porém ainda com um ritmo mais lento do que a situação exige. Aos 35, Kane recebeu bola na entrada da área, girou e bateu com força, mas o esférico passou à direita de Fabianski. Nos acréscimos, Trippier apareceu com um chute de fora da área, com força, mas a redonda saiu em linha de fundo. 

A lamentação de Alli resume atual momento dos Spurs em Wembley pela PL (Foto: Glyn Kirk / Getty Images)
A lamentação de Alli resume atual momento dos Spurs em Wembley pela PL (Foto: Glyn Kirk / AFP via Getty Images)