No reencontro com Rooney, Manchester United encara Everton para não deixar City disparar

Maior artilheiro da história dos Red Devils voltará ao estádio desde a primeira que se transferiu para o Everton, que está pressionado por resultados ruins

No reencontro com Rooney, Manchester United encara Everton para não deixar City disparar
Arte: Michell Santos / VAVEL Brasil
Manchester United
Everton
Manchester United: De Gea; Valencia, Jones, Bailly, Blind; Fellaini, Matic; Rashford, Mkhitaryan, Martial; Lukaku. Técnico: José Mourinho
Everton: Pickford; Holgate, Keane, Williams, Jagielka, Baines; Schneiderlin, Gueye; Rooney, Sandro Ramírez, Sigurdsson. Técnico: Ronald Koeman
ÁRBITRO: Andre Marriner.
INCIDENCIAS: Partida entre Manchester United e Everton, disputada no Old Trafford, pela quinta rodada da Premier League

Reencontros, briga pela liderança, sentimento de confirmação como time capaz de chegar longe no campeonato: três de alguns dos eventos que ocorrerão na partida entre Manchester United e Everton, válida pela quinta rodada da Premier League que acontece neste domingo (17). O jogo será disputado em Old Trafford e, apesar de acontecer um bom duelo de treinadores – José Mourinho x Ronald Koeman – o atrativo da partida é a volta de Wayne Rooney ao estádio, mas dessa vez com a camisa dos Toffees.

A equipe de Mourinho começou muito bem e está invicto até aqui. Na última rodada, porém, o resultado não foi dos melhores, já que os Red Devils apenas empataram com o Stoke City no Britannia Stadium. Atualmente na segunda posição, o United pode recuperar o topo da tabela do rival City se vencer por uma diferença de quatro gols.

O Everton, que vinha embalado e com esperanças de uma boa temporada por conta das boas e numerosas contratações, teve o seu primeiro baque: jogando dentro de casa, não conseguiu criar nada e perdeu para o Tottenham por um sonoro 3 a 0, que fez com que o trabalho do holandês Ronald Koeman começasse a ser questionado por parte da torcida.

Na última temporada, a balança não pesou para nenhum lado e as equipes fizeram dois confrontos sólidos: pela Premier League, dois empates por 1 a 1, provando que os jogos entre Manchester United e Everton vem sendo equilibrados recentemente.

Inimaginável? Rooney será adversário do United

Um dos maiores ídolos e artilheiros da história do Manchester United, Wayne Rooney fará a sua primeira partida enfrentando o seu ex-clube pela camisa do Everton, time que o revelou ao futebol. Com certeza o grande atrativo da partida, já que o inglês foi um dos grandes ícones da equipe de Old Trafford por muitos anos.

“Para mim, ele é uma lenda. Ele foi um grande jogador pra gente e tinha uma grande personalidade. Eu lembro quando estive aqui pela primeira vez e como esse cara era uma pessoa comum. Ele me deu boas-vindas, como fez com todos os outros. Não apenas pela suas atuações em campo, mas também fora dele, ele foi um verdadeiro capitão e uma grande pessoa no vestiário.”, disse o holandês Daley Blind.

O United vem embalado por conta do resultado da última terça-feira (12): em um jogo pelo Grupo A da Champions League, os Red Devils confirmaram o favoritismo e, jogando com a ajuda dos torcedores no estádio, derrotou o Basel, da Suíça, por 3 a 0, assumindo a liderança da chave.

O grande desfalque fica por conta de Paul Pogba, que não conseguiu se recuperar de uma lesão no tendão. Para o seu lugar, o belga Fellaini, que marcou um gol no meio de semana pela Champions League, deverá ser o titular. Além do francês, Zlatan Ibrahimovic e Marcos Rojo já estavam machucados há mais tempo e não jogarão.

Crise? Everton precisa mostrar o tamanho da sua ambição

Além da derrota para o Tottenham no último final de semana, a equipe do Everton passou por uma situação constrangedora: na última quinta-feira (14): os Toffees viajaram à Itália para enfrentar a Atalanta pela UEFA Europa League e saíram de campo com outro 3 a 0 negativo, o que aumentou mais ainda os nervos da torcida, que começou a questionar o trabalho do treinador Koeman.

A partida, que era já importante antes, se tornou mais ainda por conta dessa situação de pressão vinda dos torcedores do clube. Ross Barkley, Seamus Coleman, Yannick Bolasie, Ramiro Funes Mori e James McCarthy, que poderiam ajudar a melhorar a equipe nessa situação ruim, ainda estão machucados e continuam fora do time.  

Se Rooney terá um emocionante reencontro com o Manchester United, o belga Romelu Lukaku terá com o Everton: o atacante jogou na equipe de Liverpool durante quatro temporadas e se tornou um dos melhores atacantes do campeonato justamente por conta dos gols que marcou com a camisa azul. Além disso, tinha uma grande identificação com a torcida, que com certeza achará esse reencontro especial.

“Eu vi uma equipe com muitas dúvidas na última quinta (contra a Atalanta). Uma de nossas principais qualidades na última temporada era uma organização defensiva mas parece que perdemos um pouco disso no momento. Eu terei uma reunião com a grande parte dos jogadores, os principais. Você pode reclamar dos jogadores que tem 18, 19 anos de idade, e por isso é a hora dos mais experientes aparecerem.”, disse Ronald Koeman.