Harry Kane brilha, faz dois gols e ajuda Tottenham a superar Huddersfield Town

Atacante inglês brilha novamente, Tottenham tem atuação sólida e vence, sem dificuldades, equipe recém-promovida à Premier League

Harry Kane brilha, faz dois gols e ajuda Tottenham a superar Huddersfield Town
Foto: Michael Regan/Getty Images Sport
Huddersfield Town
0 4
Tottenham
Huddersfield Town: Lossl; Smith, Jorgensen, Schindler, Lowe (Malone, min. 60); Mooy (Billing, min. 60), Hogg, Kachunga, Van La Parra; Ince, Depoitre.
Tottenham: Lloris; Alderweireld, Sanchez, Vertonghen; Trippier (Kyle-Walker Peters, min. 81), Winks, Dier, Davies, Eriksen (Sissoko, min. 75), Alli; Kane (Son, min. 86).
Placar: 0-1, min. 12, Harry Kane. 0-2, min. 17, Davies. 0-3, min. 24, Harry Kane. 0-4, Sissoko, min. 90.
ÁRBITRO: Neil Swarbrick (ING) Amarelo: Dele Alli (min. 48)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 7ª rodada da Premier League disputada no John Smith’s Stadium.

Sem dificuldades, o Tottenham confirmou o seu favoristimo e, mesmo longe de Londres, goleou, sem dificuldades, o récem-promovido Huddersfield Town, no John Smith's Stadium. Com grande atuação de Harry Kane, a equipe de Mauricio Pochettino conseguiu a sua segunda vitória consecutiva na Premier League

Com esse resultado, os Spurs chegaram aos 14 pontos e, no momento, ocupam a terceira opção - Chelsea, Liverpool e Watford ainda jogam e podem ultrapassá-lo. O Huddersfield, por sua vez, que teve um ótimo início, começou a sentir 'de verdade' a Premier League: já são cinco partidas sem vencer, o que deixa os Terriers na décima posição, com 9 pontos.

Em 24 minutos, 3 a 0 para os visitantes

A partida começou movimentada, e a primeira chance de gol aconteceu logo no primeiro minuto com Harry Kane, após boa jogada de Trippier, o atacante girou e bateu pro gol, a bola desviada foi para escanteio. Logo depois foi a vez do Huddersfield dar uma resposta, Smith finalizou e obrigou a Lloris a fazer uma intervenção importante.

O primeiro gol do jogo saiu após um toque de cabeça de Trippier de trás da linha do meio campo, o cabeceio foi tão forte que parou nos pés de Harry Kane, o atacante saiu na cara do goleiro Lössl e não perdoou, 1 a 0 pros visitantes. Aos 14, Smith alcançou a linha de fundo e cruzou para a área, Lloris afastou com um belo soco na bola, evitando que Depoitre, que estava parado esperando para empatar a partida, conseguisse alcançar a bola. Três minutos depois, o Tottenham ampliou o placar com Ben Davies em belo toque na saída do goleiro. 

(Foto: Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images Sport)
(Foto: Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images Sport)

Harry Kane marcou seu segundo gol no jogo e o terceiro do Tottenham com apenas 24 minutos, o inglês puxou da direita para a esquerda e acertou um belo chute colocado no canto direito de Lössl. No restante da primeira etapa o Huddersfield tentou diminuir o placar de todas as maneiras, principalmente nas bolas paradas com Aaron Mooy e cruzamentos na área para Depoitre. A chance mais concreta para a equipe da casa foi somente aos 43 minutos, quando o atacante francês bateu pro gol e acabou acertando o travessão de Lloris. 

Equipes diminuem ímpeto mas Sissoko marca o quarto

A segunda etapa começou igual a primeira, com o Tottenham em cima. Com 3 minutos do segundo tempo Harry Kane quase chegou ao hat-trick depois de ótima jogada de Eriksen, mas Schindler acabou bloqueando a finalização e impedindo o terceiro gol do atacante. Depois de um começo animado e pegado na segunda etapa, as duas equipes diminuíram o ímpeto e as chances criadas foram raras.

(Foto: Mark Cosgrove/Action Plus)



Somente aos 65 minutos, quando Eriksen finalizou de fora mas a bola foi direta nas mãos de Lössl. O Huddersfield quase diminuiu depois de bom cruzamento de Malone onde Kachunga quase concluiu pra dentro do gol de Lloris - por pouco a equipe recém-promovida à Premier League não fez o primeiro. Faltando 5 minutos para o fim do jogo, a torcida do Huddersfield se mostrava fiel e cantava bastante para a equipe, e quase foi recompensada depois de bom passe de Van la Parra para Depoitre,  que foi bloqueado, antes mesmo de finalizar, pela defesa do Tottenham.

Após as alterações de Pocchetino, o Tottenham começou a buscar o quarto gol, e as duas vezes com Sissoko. Na primeira, o francês finalizou de fora e obrigou Lössl a fazer uma ótima defesa, mas logo depois ele fecharia o placar, após um ótimo contra-ataque puxado por Son e Davies.

Inglaterra