Em reencontro com Rafa Benítez, Liverpool apenas empata com Newcastle

Philippe Coutinho foi o autor do tento dos Reds, mas parou no brasileiro a inspiração do ataque do Liverpool. Joselu marcou o gol de igualdade para o time de Rafael Benítez

Em reencontro com Rafa Benítez, Liverpool apenas empata com Newcastle
Foto: Getty Images/Matthew Ashton
Newcastle
1 1
Liverpool
Newcastle: Elliot; Yedlin, Lascelles, Clark, Manquillo; Shelvey, Merino (Hayden, min. 74), Ritchie, Pérez (Diamé, min. 91), Atsu; Joselu (Gayle, min. 79)
Liverpool: Mignolet; Gomez, Matip, Lovren, Moreno; Henderson, Wijnaldum, Coutinho; Salah (Oxlade-Chamberlain, min. 84), Sturridge (Firmino, min. 74), Mané (Solanke, min. 74).
Placar: 0-1, min. 29, Coutinho. 1-1, min. 36, Joselu.
ÁRBITRO: Craig Pawson (ING). Pérez (min. 55), Gomez (min. 58).
INCIDENCIAS: 7ª rodada da Premier League. Partida no St. James' Park Stadium. 52,303 torcedores.

O mês de outubro não começou como o Liverpool esperava. Contando com um mais dia pouco inspirado do ataque do time de Jürgen Klopp, o Newcastle segurou o empate em 1 a 1 com os Reds, no St. James' Park, pela 7ª rodada da Premier League. Os gols da partida saíram no primeiro tempo, com Philippe Coutinho, aos 29 minutos, e com Joselu, aos 36 da etapa inicial.

O resultado não ajuda as pretensões de Champions League do Liverpool na atual temporada da Premier League, já que estaciona na sétima posição, com 12 pontos. Já o Newcastle fica na nona colocação, com dez pontos e se aproxima da zona de classificação às ligas europeias.

As duas equipes retornam a campo daqui duas semanas, após a Data FIFA. O Liverpool receberá o Manchester United, em um sábado (14), enquanto que o Newcastle visitará o Southampton, no domingo (15).

Primeiro tempo de dois gols

A primeira etapa teve uma boa troca de ações ofensivas por parte dos ataques de Liverpool e Newcastle. Os Magpies começaram melhor, mas logo viram o Liverpool tomar as ações do jogo para si. Sadio Mané e Daniel Sturridge criaram as primeiras boas chances dos Reds, mas foi Philippe Coutinho quem tirou o zero do placar. 

Aos 29 minutos, o brasileiro carimbou sua marca registrada para abrir o marcador. Coutinho carregou a bola pela ponta esquerda da linha intermediária de ataque, ajeitou e mandou um chutaço de fora da área no fundo da meta do goleiro Robert Elliot. 

Sete minutos depois, o Newcastle encontrou as redes e igualou a contagem. Jonjo Shelvey estava com a posse da bola antes da linha do meio de campo e fez um lançamento em profundidade que chegou em Joselu, pelo meio da zaga do Liverpool. O espanhol dominou a bola sozinho e partiu com tranquilidade em direção a Simon Mignolet, mas Joël Matip chegou para dar combate e deu um carrinho para desarmá-lo, porém a bola resvalou no pé de Joselu e correu lentamente para o fundo do gol. 

Etapa final tem pouca inspiração das equipes

O segundo tempo tomou um ritmo morno de ações na maior parte do últimos 45 minutos de jogo. O Liverpool continuou insistindo no ataque, com Daniel Sturridge, Mohamed Salah e Giorginio Wijnaldum, mas sem sucesso. O Newcastle não conseguiu manter o bom começo que teve no primeiro tempo e não criou maiores oportunidades em boa parte do segundo tempo.

A partida começou a ficar mais tensa nos últimos dez minutos, com várias chances perdidas pelas duas equipes, com gols perdidos em cabeceios por Dominic Solanke e Alex Oxlade-Chamberlain, pelo lado dos Reds, e por Ayoze Pérez, em chute de fora da área, para os Magpies. A última chance do jogo foi perdida pelo Newcastle, com Mohamed Diamé tendo chute travado dentro da área.

Após mais um empate, o Liverpool respira por um tempo com a pausa internacional para as Eliminatórias da Copa do Mundo. O mês de setembro foi muito abaixo do esperado, com eliminação na Carabao Cup, muitos gols sofridos e com a diminuição da eficiência do ataque. Jürgen Klopp tem o momento de maior pressão desde que chegou aos Reds em outubro de 2015 e agora tem um tempo de pausa para ver a poeira baixar.

Inglaterra