Mesmo com duas vitórias, Fàbregas lamenta semana cansativa do Chelsea

Meia não culpou totalmente a exaustão em derrota para o City; equipe londrina bateu Stoke City e Atlético de Madrid

Mesmo com duas vitórias, Fàbregas lamenta semana cansativa do Chelsea
Foto: Catherine Ivill/Getty Images

Quatro vitórias, um empate e duas derrotas. Esta é a campanha do Chelsea na Premier League. Já na Uefa Champions League, segue 100%. O atual campeão inglês segue entre os quatro melhores no campeonato nacional, atrás apenas do Manchester City, United e Tottenham.

A campanha é idêntica a temporada anterior antes da pausa de Data Fifa do mês de outubro, sendo um bom sinal, já que os blues foram campeões em 2016/17. Para o meio-campista da equipe Cesc Fàbregas, os últimos dias foram cansativos, onde a equipe precisou viajar bastante para as partidas.

"A verdade é que nós sabíamos que seria uma semana difícil, começando com a viagem a Stoke no último sábado (23), que, como sabemos, é sempre uma tarefa complicada. Então, houve a viagem para Madri, voltando cedo na manhã seguinte às 5h da quinta-feira (28), com praticamente um dia para se preparar para a partida", disse o espanhol.

O Chelsea jogou no sábado (23) contra o Stoke City em Stoke on Trent, que fica na região de West Midlands, Há aproximadamente 120 quilômetros de Londres. Na quarta (28), atuou pela UCL contra o Atlético de Madrid na Espanha e voltou para a capital inglesa para enfrentar o Manchester City no sábado da mesma semana, onde saiu derrotado por 1 a 0.

No entanto, Fàbregas não coloca na conta das viagens da semana na derrota para o City no Stamford Bridge, mas deu méritos ao time comandado por Guardiola. "Nós enfrentamos um City que vieram bem preparados. Eles tiveram jogos em casa e um dia de descanso extra que não obtivemos. Não estamos desculpando, mas foi uma semana difícil. Nós demos tudo e não poderíamos fazer mais nada. Nós sabemos isso. Eles ganharam seus dois últimos jogos, da mesma maneira que nós, parabenizamos eles por isso", encerrou.

Agora, Fàbregas terá mais dias de descanso. O meia não foi convocado pelo técnico da Seleção Espanhola Julen Lopetegui. Outro atleta do Chelsea e também espanhol, Alvaro Morata, foi cortado devido a uma lesão, sendo substituído por Aduriz, do Athletic Bilbao.

Inglaterra