A uma vitória de vaga direta na Copa, Inglaterra recebe 'freguês' Eslovênia

Equipes fazem penúltimo jogo das eliminatórias e seguem na briga por um lugar na Rússia em 2018

A uma vitória de vaga direta na Copa, Inglaterra recebe 'freguês' Eslovênia
Arte: Gerson Barbosa / VAVEL Brasil
Inglaterra
Eslovênia
Inglaterra: hart; walker, jones, cahill, bertrand; henderson, dier, livermore, oxlade chamberlain; kane, rashford. gareth southgate
Eslovênia: oblak; cesar, viler, mevlja, skubic; kurtic, rotman, verbic, repas, sporar, ilicic. srecko katanec.
ÁRBITRO: Felix Zwayer (ALE)
INCIDENCIAS: penúltima rodada das eliminatórias europeias para a copa do mundo 2018, a ser realizado no wembley

A Data Fifa já começou. Nesta quinta-feira (5), jogando no Wembley, a Seleção Inglesa receberá a Eslovênia pelo grupo F às 15h45 precisando apenas de uma vitória para selar de vez a vaga na Copa do Mundo do ano que vem, que será realizada na Rússia. Os eslovenos ainda brigam por um lugar, mas precisarão passar pela repescagem antes de confirmar passaporte.

Sem Dele Alli, suspenso pela Fifa, o time inglês não encontrará problemas para entrar em campo com o melhor que puder. Srecko Katanec, comandante da Eslovênia, apoia-se nas lideranças de Ilicic e Oblak para enfrentar o selecionado inglês.

Os ingleses não sabem o que é perder para a Seleção Eslovena. Em cinco confrontos, foram quatro vitórias em favor do English Team contra um empate. Na rodada anterior das Eliminatórias, Rashford ajudou o time da casa a bater a Eslováquia por 2 a 1. Já os eslovenos derrotaram a frágil Lituânia em casa por 4 a 0.

Harry Kane capitão

Vaga quase assegurada. Basta mais um resultado positivo que o Campeão Mundial de 1966 colocará os dois pés na Rússia para a Copa do Mundo do ano que vem. O único desfalque confirmado será o do meia Dele Alli, do Tottenham. No início da semana, o camisa 10 foi punido por uma partida por conta de gesto obsceno proferido no duelo contra a Eslováquia em setembro. Para o lugar do meia, Jake Livermore deve ser o substituto.

Alli, Sterling e Rashford (Foto: Divulgação/English Team site oficial)
Alli, Sterling e Rashford (Foto: Divulgação/English Team site oficial)

A Inglaterra fez os últimos preparativos para a eliminatória na tarde desta quarta-feira (4). Os jogadores de Garteh Southgate estavam treinando em Enfield, na base do Tottenham antes da partida em Wembley. Gareth confirmou que Harry Kane, jogador dos Spurs, estará com a braçadeira de capitão da equipe.

O novo capitão repercutiu a escolha, ressaltando que segue fazendo seu trabalho. "Foi um bom mês, começando obviamente na última vez que estive com a Inglaterra. Espero que eu possa fazer o mesmo novamente este mês, isso é tudo que eu tento fazer, ajudar a equipe marcando. Se eu puder continuar melhorando todos os dias em todas as semanas, é o principal objetivo a ser alcançado", afirmou Kane.

Katanec pede firmeza dos eslovenos

A situação da Eslovênia é um pouco mais preocupante. Em oito partidas nas Eliminatórias, foram quatro vitórias, dois empates e duas derrotas. 14 pontos, um atrás da Eslováquia, que atuará fora de casa contra a Escócia que também tem 14 pontos. Com isso, os eslovenos terão de quebrar o tabu de nunca ter vencido a Inglaterra e para não se afastar dos outros concorrentes. Mesmo se perder para os ingleses, os eslovenos terão chances. Precisará contar com empate entre Escócia e Eslováquia, vencer a Escócia em casa no fim de semana e torcer para a Eslováquia tropeçar diante de Malta, em casa.

Antes de treinos no país, a delegação desembarcou em Londres nesta quarta-feira (4). Srecko Katanec, técnico da seleção já sabe como montar o esquema tático para o duelo em Wembley. "Será necessário jogar compactado, os jogadores terão que ajudar muito, os jogadores que atuarem nas pontas precisarão ajudar nossos laterias, bem como os meio campistas. Em suma, a equipe que entrar em campo deverá ser firme e lutar, que será o mais importante".

Katanec também falou sobre Harry kane, que marcou 13 gols no mês de setembro. O esloveno mostrou-se temeroso com o poder de fogo do camisa 9, mas ressaltou que ele ainda não está entre os melhores, Messi e CR7. "Com todo o respeito, eu não o colocaria entre os craques Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Mas isso me preocupa, porque nas últimas semanas ele marcou muitos gols. Eu o respeito muito. Mas espero que ele não consiga isso amanhã", disse Katanec.

Inglaterra