Walker acredita que Inglaterra se beneficiará com entrosamento de ingleses do Manchester City

Lateral-direito citou fase quando atuava pelo Tottenham e o conhecimento entre si eram enormes

Walker acredita que Inglaterra se beneficiará com entrosamento de ingleses do Manchester City
Walker acredita que Inglaterra se beneficiará com entrosamento de ingleses do Manchester City

A Inglaterra cumpriu o seu papel. Com campanha satisfatória, os campeões do mundo em 1966, o English Team selou sem problemas a vaga para a Copa do Mundo 2018 na Rússia. Na terra da Rainha, o foco volta a ser na Premier League. Até a sétima rodada, o líder é o Manchester City, com 19 pontos, mesmo pontuação do rival United, porém vence no critério de saldo de gols (20 a 19).

Quem faz parte das duas equipes é o lateral-direito Kyle Walker. O jogador, contratado recentemente pelos Citizens, afirmou que a Seleção Inglesa poderá ter sucesso com o entrosamento dos jogadores do Manchester City, principalmente na Copa da Rússia no ano que vem. Pelo English Team, Walker esteve em campo em 36 partidas desde que estreou em 2011.

"Ter John Stones [zagueiro], Fabian Delph [meia], Raheem Sterling [atacante] e eu mesmo todos no time da Inglaterra é ótimo porque jogamos e treinamos juntos por muito tempo, tanto no City como na Inglaterra. Isso é muito bom para nós em nível internacional", disse o jogador de 27 anos.

Do segundo para o último: Delph, Sterling, Stones e Walker (Foto: Getty Images)

Antes de chegar ao time comandado por Pep Guardiola, Walker atuou por seis temporadas no Tottenham. A adaptação, para ele, também foi fácil já que jogou junto com vários atletas da equipe londrina. "Quando jogava pelos Spurs, nós tínhamos vários atletas com quem jogava juntos. Eric Dier, Danny Rose, Dele Alli e Harry Kane. Aconteceu em Londres e está acontecendo agora com o City".

O Manchester City, com Walker em campo, voltará a entrar em campo no próximo sábado (14). Jogando em casa, o líder do campeonato inglês receberá o Stoke City no Etihad Stadium às 11h (horário de Brasília) para se assegurar no topo da tabela. 

Inglaterra