Arsenal toma gol nos acréscimos, leva virada do Watford e perde chance de entrar no G-4

Hornerts conquistaram sua primeira vitória jogando em casa e mantiveram os Gunners sem triunfo jogando longe do Emirates

Arsenal toma gol nos acréscimos, leva virada do Watford e perde chance de entrar no G-4
Cleverley foi às redes no fim para dar a vitória para os donos da casa (Foto: Charlie Crowhurst / Getty Images)
Watford
2 1
Arsenal
Watford: Gomes; Kabasele, Mariappa (Carillo 63'), Britos; Femenía, Doucouré, Cleverley, Holebas; Pereyra (Capoue 82'); Gray (Deeney 63'), Richarlison.
Arsenal: Cech; Koscielny (Holding 85'), Mertseacker, Monreal; Bellerín, Elneny, Xhaka, Kolašinac; Iwobi, Welbeck (Özil 61'); Lacazette (Giroud 68').
Placar: 0-1, min. 39, Mertesacker. 1-1, min. 71, Deeney (pen). 2-1, min. 90+2, Cleverley.
ÁRBITRO: Neil Swarbrick. Amarelos: Kabasele 64'
INCIDENCIAS: partida válida pela oitava rodada da premier league 2017/18, realizado no vicarage road, em watford, inglaterra.

Com duas escritas para serem quebradas nesse jogo, apenas uma poderia ser mudada. E foi a do Watford, que finalmente venceu a primeira jogando em casa na atual edição da Premier League. Os Hornets bateram o Arsenal na tarde deste sábado (14) nos acréscimos, com gols de Cleverley e Deeney (pênalti); Mertesacker marcou para os Gunners, dando números de 2 a 1 aos anfitriões, de virada.

O resultado deu o 15º ponto para o Watford, que entrou no G-4 ao assumir a quarta colocação isolada, ficando com dois de vantagem para o Chelsea, o agora quinto colocado, e a dois de desvantagem para o Tottenham, terceiro. Os Gunners perderam a chance de entrar no G-4 e caíram para a sexta posição, com os mesmos 13 pontos.

Na próxima rodada, o Watford visitará o Chelsea, no sábado (21), às 8h30. Já o Arsenal viajará para Merseyside e jogará contra o Everton, às 9h30, um dia depois. Ambos horários pelo de Brasília. 

Arsenal abre o placar no fim da primeira etapa

Os primeiros 20 minutos se resumem nas duas equipes trocando posses de bola e buscando criar jogadas, mas todas sem sucesso para assustar o goleiro adversário. No caso dos anfitriões, eles conseguiram ter mais a bola no ataque, tentando jogadas para Richarlison ou Gray, sempre em um dos dois, as duas maiores ameaças dos Hornets. Já no lado do Arsenal, um cruzamento de Bellerín foi o momento de maior perigo, contudo ele foi afastado e impossibilitado de que alguém finalizasse.

Passando dos 20 minutos, Elneny conseguiu arrumar espaço para um chute de fora e viu a bola passar próxima da trave, mas ir em linha de fundo. Em um contra-ataque rápido aos 33 minutos, Bellerín lançou Lacazette no lado esquerdo e o francês avançou com a bola. Ele invadiu a área e tentou tirar a marcação duas vezes para abrir espaço ao arremate, mas não conseguiu e acabou dando um toque por cima dos marcadores para que Welbeck chutasse, mas a zaga conseguiu afastar a bola antes dela chegar nos pés do inglês.

Se com bola rolando as equipes não criavam, o primeiro gol da noite em Vicarage Road aconteceu via cobrança de escanteio aos 39, quando Xhaka colocou a bola na cabeça de Mertesacker que, marcado por Cleverley, conseguiu chegar para cabecear e abrir o placar. Aos 42, quase o segundo dos Gunners. Bellerín recebeu cruzamento na área e arriscou de esquerda, mas a redonda saiu à esquerda de Gomes. No minuto seguinte, Xhaka bateu de longe, mas o goleiro ficou com o esférico.

Watford marca duas vezes e Hornets viram partida nos acréscimos

Já no começo da etapa complementar, o Watford se mostrou mais em cima, dada a urgência de chegar ao empate. Os donos da casa se apresentaram cada vez mais no ataque e aos sete minutos, Richarlison bateu cruzado de fora da área, mas ela saiu em linha de fundo sem desviar em ninguém. Nesse início, o Arsenal procurou se defender e tentar sair em contra-ataque, mas o adversário não dava essas brechas.

O contragolpe Gunner se mostrou eficiente quando Özil, que entrou no segundo tempo, acabou lançando para Iwobi já dentro da área. O nigeriano ajeitou o corpo e bateu cruzado, mas Gomes acabou tocando na bola para fazer a defesa a escanteio. O contra-ataque apareceu cada vez mais perigoso para os visitantes. O alemão agora acabou recebendo a bola dentro da área e, de cara com o goleiro, acabou chutando para defesa do adversário.

No minuto seguinte, Richarlison foi derrubado dentro da área por Bellerín e o juiz viu pênalti na jogada. Na cobrança, Deeney foi para a bola e tirou de Cech, igualando o placar no Vicarage Road. Aos 30, o brasileiro recebeu dentro da área e chutou, mas a redonda saiu em linha de fundo, batendo na rede pelo lado de fora. Capoue, aos 35, acertou a trave em um chute desviado. Nos acréscimos, Cleverley aproveitou bola rebatida e marcou o gol da vitória dos Hornerts.