Tottenham e Liverpool fecham nona rodada da Premier League com clássico

Após bons resultados pela Champions League, clubes se enfrentam neste domingo (22) com pretensões distintas na tabela

Tottenham e Liverpool fecham nona rodada da Premier League com clássico
(Foto: Clive Brunskill/Getty Images)
Tottenham
Liverpool
Tottenham: Lloris; Trippier, Alderweireld, Vertonghen e Sánchez (Davies); Dier, Winks, Eriksen, Son e Alli; Kane. Técnico: Mauricio Pochettino.
Liverpool: Mignolet; Gomez, Matip, Lovren e Moreno; Henderson, Wijnaldum (Milner) e Can; Salah, Coutinho e Firmino. Técnico: Jürgen Klopp.
ÁRBITRO: Andre Marriner, auxiliado por Simon Beck e Scott Ledger, com Mike Jones como quarto árbitro.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 9ª rodada da Premier League, a ser disputada no Wembley Stadium, em Londres.

A nona rodada da Premier League será encerrada com nada menos que um clássico. Neste domingo (22), às 13h (horário de Brasília), Tottenham e Liverpool se enfrentam em Wembley. As duas equipes estão em um momento um pouco diferente na tabela: o Tottenham, terceiro, tenta a quarta vitória seguida para colar nos líderes, enquanto o Liverpool, oitavo, busca vencer após três jogos para se reabilitar na competição.

O Tottenham vem de uma vitória em casa por 1 a 0 contra o Bournemouth, o primeiro resultado positivo jogando como mandante nesta temporada – eram dois empates e uma derrota até então. Já o Liverpool, que venceu apenas um confronto fora de casa no campeonato (3 a 2 contra o Leicester em 23 de setembro), vem de um empate por 0 a 0 em casa contra seu maior rival, o Manchester United.

Na temporada passada, os times se enfrentaram duas vezes, ambas pela Premier League. No primeiro turno, empate em 1 a 1 ainda no White Hart Lane, casa do Tottenham que está sendo reconstruída e só ficará pronta na próxima temporada – Danny Rose marcou para os Spurs e James Milner fez para os Reds. Já no segundo confronto, em Anfield Road, o Liverpool fez valer o mando de campo e venceu por 2 a 0, com dois gols de Sadio Mané.

Mané (centro) fez dois na vitória do Liverpool na última Premier League, mas agora é desfalque (Foto: Mike Hewitt/Getty Images)
Mané (centro) fez dois na vitória do Liverpool na última Premier League, mas agora é desfalque (Foto: Mike Hewitt/Getty Images)

Tottenham busca quarta vitória seguida para colar na dupla de Manchester

O Tottenham vem embalado após uma grande partida no meio de semana pela Uefa Champions League, quando empatou por 1 a 1 com o Real Madrid no Santiago Bernabéu. Na terceira colocação da Premier League, o time precisa vencer para encostar nos líderes – no momento está a cinco pontos atrás do Manchester City e a três do Manchester United.

Para esta partida, o técnico Mauricio Pochettino tem três desfalques certos: os meias Victor Wanyama, Erik Lamela e Moussa Dembélé, ambos machucados. Já o lateral-esquerdo Ben Davies e o meia Georges-Kévin N’Koudou voltaram a treinar normalmente com o resto do elenco durante a semana e podem ser opções no duelo em Wembley.

Rose (dir.) entrou em campo contra o Real Madrid, mas não deve jogar contra o Liverpool (Foto: Catherine Ivill/AMA/Getty Images)
Rose (dir.) entrou em campo contra o Real Madrid, mas não deve jogar contra o Liverpool (Foto: Catherine Ivill/AMA/Getty Images)

Um dos principais jogadores dos Spurs na última temporada, o lateral-esquerdo Danny Rose vinha tendo um bom desempenho até sofrer uma lesão no joelho em janeiro deste ano. O inglês não atuava desde então, mas surpreendentemente foi relacionado para o jogo contra o Real Madrid na Champions League e atuou nos últimos 10 minutos.

O fato gerou expectativa para uma possível volta do atleta à Premier League, já contra o Liverpool. Porém, o técnico do Tottenham, Mauricio Pochettino, deixou claro ao site oficial do clube que o camisa 3 ainda precisa melhorar a forma física e pode ser titular apenas na próxima quarta-feira (25), quando o time enfrenta o West Ham pela Copa da Liga Inglesa.

Ele não está pronto para começar jogando (contra o Liverpool). Ele precisa melhorar seu condicionamento, mas estamos muito felizes porque ele está indo bem. A possibilidade de estar no banco na terça-feira (contra o Real Madrid) era importante para a equipe e para ele jogar alguns minutos, sentir-se mais envolvido e ajudar o time. Foi importante após quase 10 meses. Agora o processo é de evoluir, tentar melhorar todos os dias e aí veremos. Ele talvez possa começar jogando na quarta-feira (West Ham na Copa da Liga), dependendo do seu progresso”, afirmou o comandante argentino.

Após goleada na Champions, Liverpool quer vencer para se reabilitar na tabela

O Liverpool conseguiu um triunfo histórico no meio de semana pela Champions League: bateu o Maribor por 7 a 0 na Eslovênia. Foi a maior vitória dos Reds, de um time inglês e de um visitante na história da competição. A equipe precisa manter o embalo para voltar a almejar grandes objetivos na Premier League: em oitavo lugar na tabela, os comandados de Jürgen Klopp estão a nove pontos da liderança, mas a apenas dois da zona de classificação para a próxima Champions League.

Klopp não poderá contar com três jogadores que já eram desfalques anteriormente: o lateral-direito Nathaniel Clyne, o meia Adam Lallana e o atacante Sadio Mané. Com isso, Joseph Gomez continua com a titularidade na lateral-direita, enquanto Mohamed Salah, indicado ao prêmio de melhor jogador da semana na rodada da Champions, continua no trio de ataque ao lado dos brasileiros Phillipe Coutinho e Roberto Firmino.

O capitão Jordan Henderson, que ficou no banco contra o Maribor, deve voltar aos titulares. Em seu lugar naquele jogo entrou o experiente James Milner, que teve uma ótima atuação, mas deve ficar no banco, com Henderson ao lado de Georginio Wijnaldum e Emre Can no meio-campo.

Salah ocupou a vaga do lesionado Mané e tem sido um dos grandes destaques do Liverpool (Foto: Andrew Powell/Liverpool FC/Getty Images)
Salah ocupou a vaga do lesionado Mané e tem sido um dos grandes destaques do Liverpool (Foto: Andrew Powell/Liverpool FC/Getty Images)

O técnico dos Reds falou sobre a expectativa para o jogo deste domingo (22). Para Jürgen Klopp, o Tottenham vem em ótima fase e deve ser respeitado, mas as duas equipes podem melhorar e o Liverpool vai a Wembley para conseguir um bom resultado.

Kloop também destacou o quão ansioso fica para jogos como esse, com grande expectativa – lembrando do outro clássico que a equipe disputou fora de casa nesta temporada, quando foi goleada por 5 a 0 pelo Manchester City. “Até agora o Tottenham foi um pouco melhor do que nós em resultados, mas estou certo de que eles podem jogar melhor do que jogaram", disse o técnico alemão.

"E nós também podemos jogar melhor do que jogamos, então acho que será um jogo realmente interessante. Eles estão em um momento realmente bom como equipe e somos os desafiantes quando vamos lá, é assim que funciona. Mas eles sabem que não será um jogo fácil, então vamos jogar e ver o que acontece. Estou realmente ansioso para esta partida porque você não tem muitos jogos desses onde ambas as equipes vão para o tudo ou nada. É sempre assim contra o City, e também é assim contra o Tottenham”, completou Kloop.