Após criticar política do Tottenham, lateral Rose reforça boa relação com Pochettino

Rose ainda agradeceu o técnico da seleção inglesa, Gareth Southgate, por ajudar em sua recuperação

Após criticar política do Tottenham, lateral Rose reforça boa relação com Pochettino
Foto: Getty Images/Tottenham Hotspur

O lateral-esquerdo Danny Rose, do Tottenham, diz que tem um "excelente" relacionamento com o técnico Mauricio Pochettino, apesar de expressar publicamente sua consternação com a política de transferência dos Spurs em uma entrevista em agosto. A aparição de Rose como substituto pelos Spurs durante a vitória por 3 a 1 sobre o Real Madrid foi o primeiro gostinho de sua volta à equipe desde sua lesão contra o Sunderland, em janeiro.

Rose foi só elogios para Pochettino, descrevendo sua decisão de usá-lo contra os atuais bicampeões europeus como um "ato de classe" e insiste que ele permanecerá em bons termos com Pochettino, enquanto seu objetivo no Tottenham for ganhar troféus.

"O chefe e eu estamos de bem, conversamos na maioria dos dias", disse Rose. "Nos últimos três anos, os meus companheiros vão dizer que eu sou o mais presente no escritório dele [Pochettino], falando com ele e assistindo vídeos e compartilhando mensagens de texto, mesmo indo em volta de sua casa", completou o inglês.

O lateral-esquerdo dos Spurs reiterou sua boa relação com Mauricio Pochettino e demonstrou sua satisfação e gratidão por estar em campo novamente. "Estou de bem com o treinador. Ele foi ótimo por me integrar de volta ao time e me trazer alguns minutos [em campo]. Eu pensei que ele fosse me colocasse contra o Real Madrid, mesmo que fosse apenas por 10 minutos, era um ato de classe de sua parte, fazendo com que me sinta parte disso novamente, mesmo que não precisasse fazer isso", comentou Rose.

Rose coloca o Tottenham e sua ambição por títulos acima de qualquer coisa e reforça sua conexão com Pochettino. "Tanto estou preocupado, como o chefe e eu estamos ótimos, e enquanto conseguirmos os mesmos objetivos, que é ganhar um troféu para o Tottenham, então não há nada com que se preocupar", disse o lateral-esquerdo.

Apesar de ainda recuperar a forma física, Rose foi incluído no time da seleção inglesa por Gareth Southgate para os próximos amistosos contra Brasil e Alemanha. Durante sua recuperação, Rose passou algum tempo no St George's Park e revelou que a Southgate lhe ofereceu apoio regular.

"Eu falei muito com Gareth. Eu fiz um pouco da minha reabilitação no centro de treinamento da Inglaterra antes de começar a treinar aqui", disse Rose. "Eu estava ao seu redor por três semanas e jantamos juntos a maioria dos dias e falamos quase todos os dias. Ele foi brilhante", completou. 

O contato direto foi o passo mais importante para Danny Rose se recuperar, inclusive psicologicamente. "Ele [Southgate] me ligou e me enviou mensagens - ele foi de primeira, para ser justo. Foi bom ver que o comandante da Inglaterra estava ali por mim e fazendo alguma reabilitação lá. Isso me ajudou mentalmente", afirmou o jogador dos Spurs.