Harzard e Morata desequilibram, Chelsea goleia West Brom e afunda adversário na crise

Os Baggies chegam a onze partidas sem vitória e tem chances de entrar na zona de rebaixamento da Premier League; blues se consolidam no G-4

Harzard e Morata desequilibram, Chelsea goleia West Brom e afunda adversário na crise
Foto: Divulgação/Premier League
West Bromwich
0 4
Chelsea
West Bromwich: Foster; McAuley, Hegazi, Evans; Phillips, Krychowiak (46' Yacob), Barry, Livermore, Gibbs (83' McClean); Rondón, Rodriguez (70' Burke)
Chelsea: Courtois; Christensen, Cahill, Azpilicueta; Kante (76' Willian), Zappacosta, Fàbregas (66' Drinkwater), Bakayoko; Alonso, Morata, Hazard (70' Pedro).
Placar: 17' Morata (CHE), 23', 62' Hazard (CHE), 38' Alonso (CHE)
ÁRBITRO: Jonathan Moss | AMARELO: 19' Hazard (CHE), 50' Fàbregas (CHE), 88' Yacob (WBA), 89' Morata (CHE)
INCIDENCIAS: Partida válida pela décima segunda rodada da Premier League, realizada no estádio The Hawthorns em West Bromwich

Ainda correndo atrás do título da Premier League, o Chelsea goleou o West Bromwich por quatro a zero, chegando a segunda colocação da competição. Já o West Brom segue afundando numa crise gigante. Morata abriu o placar no Hawthorns. Hazard anotou o segundo e o último enquanto o espanhol Marcos Alonso fez o terceiro gol.

É a 11ª partida sem vitória, encostando na zona de descenso para a Championship e com grandes chances do treinador Tony Pulis ser demitido. Na partida, os Blues já abriram uma boa vantagem na primeira etapa, com três a zero no placar. Na segunda etapa, o West Brom até tentou ir para o ataque, se abrindo e sofrendo a goleada.

O West Brom só volta a campo no próximo sábado (25). Os Baggies vão até Londres enfrentar o Tottenham pela próxima rodada da Premier League. Já o Chelsea entra em campo já na próxima quarta-feira (22). Pela Uefa Champions League, os Blues vão até o Azerbaijão enfrentar o Karabakh.

Chelsea faz três e encaminha a vitória

O duelo entre West Brom e Chelsea começou agitado. Mesmo há dez jogos sem vencer, os donos da casa buscavam apenas o contra-ataque para conseguir seu gol. Até conseguiram marcar aos quatro minutos, mas Rondón estava em posição de impedimento e o tento foi corretamente anulado.

Apesar de levar esse susto, o Chelsea que ficava mais no campo de ataque, rondando a área adversária.Aos 13, Bakayoko recebeu na entrada, girou para cima de seu marcador e chutou rasteiro, assustando o goleiro Foster. Já aos 17, surgiu o gol. Hazard fintou Barry e arrematou. Foster fez grande defesa, mas no rebote, Morata finalizou para o gol vazio, abrindo o placar para o Blues.

Abatido, o West Bromwich viu seu adversário não parar de atacar. Aos 23, aconteceu o segundo gol. Fàbregas lançou Morata ainda fora da área. O centro-avante deu um passe de letra para Hazard, que entrava na área em velocidade. O belga driblou o goleiro e tocou para o gol vazio, ampliando a vantagem no placar.

Depois de marcar o segundo gol, o time londrino diminuiu a velocidade e passou a tocar mais, segurando o placar. Sem criatividade, os donos da casa tinham dificuldade de levar perigo ao gol de Courtois. Somente em cruzamentos vindo da intermediária e em escanteios.

O West Brom tentava chegar em cruzamentos, mas foi o Chelsea que marcou dessa forma. O terceiro gol dos Blues aconteceu depois de uma falta do lado esquerdo da área adversária. Aos 38, Fábregas lançou na segunda trave e encontrou Marcos Alonso livre, que chutou de perna esquerda marcando o terceiro.

Mesmo tentando trocar passes, os donos da casa não mostravam nenhuma criatividade e sofriam para poder infiltrar na defesa do Chelsea. Sendo obrigados a fazer lançamentos para área, os Baggies viam a superioridade da defesa londrina com Courtois e Christensen fazendo vários cortes.

Blues diminuem ritmo, mas placar aumenta

Precisando mostrar uma recuperação, a West Brom foi para o ataque. Com uma pressão na saída de bola do Chelsea, o time da casa quase diminuiu a diferença logo aos dois minutos da etapa final. Gibbs ficou livre na grande área, mas finalizou mal. Mas com isso, deu espaços para o contra ataque. Aos cinco, Kanté puxou o contra ataque, tocou para Hazard que fintou o marcador e bateu cruzado. Foster conseguiu fazer grande defesa com o pé. Um minuto depois, Kanté serviu Morata. O belga driblou o marcador e novamente Foster salvou seu time.

Apesar do bom começo de segunda etapa, o West Brom voltou ao estado de abatimento. Assim, com facilidade, o Chelsea chegou ao quarto gol. Fàbregas recebeu no meio e lançou Hazard. O belga dominou já dentro da área, passou pelo marcador e chutou forte, sem chance para o goleiro adversário. Com isso, a vitória virou goleada.

Com quatro a zero no placar, o Chelsea fez alterações poupando a equipe e o West Brom não conseguia criar, deixando o jogo monótono. Chegando já aos 40 do segundo tempo, a melhor oportunidade dos donos da casa surgiu. McClean, que havia acabado de entrar, aproveitou a bobeada da zaga do Chelsea e saiu cara a cara com Courtois. O atacante finalizou torto, desperdiçando a chance de diminuir a goleada.