Manchester United sai atrás, se recupera e aplica goleada sobre Newcastle

Pogba e Ibrahimovic voltaram a jogar após meses fora e presenciaram a grande reação dos Red Devils no Old Trafford

Manchester United sai atrás, se recupera e aplica goleada sobre Newcastle
Foto: Matthew Peters/Man Utd via Getty Images
Manchester United
4 1
Newcastle
Manchester United: De Gea; Valencia, Lindelöf, Valencia, Smalling, Young; Pogba (fellaini), Matic, Mata (herrera); Martial (ibrahimovic), Lukaku, Rashford. Técnico: Mourinho.
Newcastle: Elliot; Yedlin, Lejeune, Clark, Manquillo; Murphy, Hayden, Shelvey, Ritchie (aarons); Gayle (diame), Joselu (mitrovic). Técnico: Benítez.
Placar: 0-1, Gayle. 1-1, Martial. 2-1, Smalling. 3-1, Pogba. 4-1, Lukaku.
ÁRBITRO: Craig Pawson.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 12ª rodada da Premier League, disputada no Old Trafford, em Manchester, Inglaterra.

Na volta de Pogba e Ibrahimovic de lesões, o Manchester United recebeu o Newcastle no Old Trafford e goleou por 4 a 1. A partida foi válida pela 12ª rodada da competição e foi disputada neste sábado (18). O placar foi aberto pelos visitantes, mas os mandantes conseguiram a virada ainda no primeiro tempo. Martial, Smalling, Pogba e Lukaku deram números no teatro dos sonhos. Gayle marcou o único gol do time do Norte. 

Com o resultado, os Red Devils permanecem na segunda colocação, com 26 pontos ganhos. Já os Magpies acabam a rodada na 11ª colocação, com 14 pontos conquistados até o momento.

O Manchester voltará aos gramados na próxima quarta-feira (22), às 17h45, quando visitará o Basel pela Uefa Champions League. Já o Newcastle receberá o Watford no sábado (25), às 13h, por mais um jogo da Premier League.

United sai atrás, mas busca virada ainda no primeiro tempo

Como já era esperado, os mandantes começaram com o domínio da posse, enquanto os visitantes faziam pressão alta em busca de um contra-ataque. A primeira grande chance foi de Lukaku, aos 8 minutos, que recebeu na pequena área e chutou de primeira por cima do gol. Logo em seguida, porém, os Magpies converteram sua primeira oportunidade, quando Lindelöf escorregou e não conseguiu cortar cruzamento rasteiro, permitindo que Gayle finalizasse.

Aos 18, quase mais um gol do Newcastle, que demonstrava ser bem efetivo. Murphy recebeu lançamento de Shelvey e finalizou cruzado, mas a bola passou do lado da trave de De Gea. Rashford respondeu pouco depois, arriscando chute colocado da entrada da área, mas sem muito perigo.

O United parecia apressado para tentar deixar tudo igual, aumentando o ritmo do jogo. Foi somente aos 36 que Pogba se livrou da marcação e achou Martial dentro da área. O atacante subiu mais que os defensores e empatou o jogo, fazendo a festa dos torcedores. A pressão continuou, e a virada aconteceu. Aos 46, Young cruzou na área e Smalling apareceu na segunda trave para cabecear, sem chances para o goleiro adversário.

Smalling fez gol da virada (Foto: John Peters/Man Utd via Getty Images)
Foto: John Peters/Man Utd via Getty Images

Red Devils seguem melhores e ampliam resultado

A segunda etapa começou da melhor maneira possível para os Red Devils: em bela jogada trabalhada aos oito minutos, Rashford recebeu cruzamento e tocou para Pogba, que só empurrou a bola para o gol, aumentando a vantagem. A pressão dos mandantes continuou, obrigando o Newcastle a se fechar no campo de defesa.

Pogba comemorou gol com estilo (Foto: Matthew Peters/Man Utd via Getty Images)
Pogba comemorou gol com estilo (Foto: Matthew Peters/Man Utd via Getty Images)

Rashford teve a chance de ampliar a goleada logo depois, mas o cruzamento foi um pouco mais forte que o necessário, impedindo o inglês de finalizar. Os Magpies tentaram chegar com Shelvey, que se infiltrou na zaga, mas acabou escorregando e perdendo a bola. Aos 22, Murphy arriscou um chute da entrada da área, obrigando De Gea a fazer bela defesa e colocar a bola para escanteio.

Mas, novamente, quem marcou foi o United. Aos 25, Lukaku invadiu a área e, cara a cara com o goleiro, finalizou forte para selar a goleada. Com o resultado garantido, Ibrahimovic entrou em campo a fim de ganhar minutos e ainda teve chance de acertar um belo voleio, defendido por Eliott já nos acréscimos.