Em busca da 13ª vitória na Premier League, Manchester City recebe irregular Southampton

Em confronto com dois ex-jogadores do Barcelona como treinadores, nesta quarta feira (29), os Saints tentarão embalar na competição diante do ainda invicto Manchester City

Em busca da 13ª vitória na Premier League, Manchester City recebe irregular Southampton
Foto: Mike Hewitt/Getty Images
Manchester City
Southampton
Manchester City: Ederson; Walker, Otamendi, Kompany(Mangala), Delph; De Bruyne, Fernandinho, Silva; Sterling, Sané, Gabriel Jesus (Aguero). Técnico: Pep Guardiola
Southampton: Forster;Cédric, Van Dijk, Hoedt, Betrand; Davis, Lemina (Hojberg), Ward Prowse, Boufal(Redmond), Tadic; Austin. Técnico: Maurício Pellegrino
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 14ª rodada da Premier League, disputado no Ettihad Stadium, em Manchester.

A 14ª rodada da Premier League terá o duelo entre Manchester City e Southampton nessa quarta feira (29). Jogando no Ettihad Stadium, em Manchester, os Cityzens buscam a 13ª vitória na competição, diante dos embalados Saints que buscam se aproximar das competições europeias.

A situação do atual líder do campeonato é confortável. Com 37 pontos em 39 até então possíveis, mostram a evolução do time de Pep Guardiola na atual temporada. Na última rodada, vitória complicada jogando diante do Huddersfield Town, fora de casa. Já os visitantes, chegam empolgados após goleada diante do Everton, jogando em St Mary's. Com 16 pontos, a equipe da costa sul inglesa busca pela primeira vez no campeonato, duas vitórias consecutivas. 

No duelo no Etihad na última temporada, empate em 0 a 0 entre as duas equipes. Na época, o Southampton era treinado por Claude Puel, atualmente no Leicester City. No confronto de volta, em St Mary's, vitória dos Cityzens por 3 a 0.

Guardiola: Feliz em reencontrar velho amigo e com dúvidas na escalação

Em entrevista coletiva antes do duelo contra o Southampton, Pep Guardiola falou sobre a amizade com o treinador do Southampton, Maurício Pellegrino. Os dois foram companheiros no Barcelona na temporada 1998/99, quando o então zagueiro argentino fora emprestado pelo Velez Sarsfield ao clube catalão, se transferindo na temporada seguinte ao Valencia, onde fez boa parte de sua carreira:

"Joguei com Maurício uma temporada, a primeira dele na Europa. Sempre tivemos um ótimo relacionamento, ele sempre falava sobre táticas e era um zagueiro muito inteligente, fiquei contente ao ver o bom trabalho dele no Alavés e vejo que ele está começando a desenvolver seu trabalho no Southampton."

Guardiola também elogiou Mangala, que poderia ter uma nova chance entre os titulares na vaga de Kompany, que por conta do desgaste físico poderia ceder a vaga ao zagueiro francês:

"Estou realmente impressionado com o seu comportamento nos treinamentos. Eliaquim não jogou regularmente até agora, mas ele sempre aceita isso e ele sempre está ajudandoo elenco o que para um treinador, para um clube é muito importante. Nós acreditamos que precisamos dele nessa temporada. O jogo contra o Southampton será complicado e terá um momento no campeonato que teremos de perder, mas buscaremos adiar isso."

Pellegrino: "Ninguém é imbatível no futebol"

O treinador argentino também concedeu entrevista coletiva, onde falou sobre sua amizade com Guardiola e também sobre suas expectativas para o confronto diante dos líderes da Premier League:

"Não existe equipe imbatível no futebol. No último final de semana, o Huddersfield fez ótima partida contra o Manchester City, que precisou reverter um resultado adverso. Vamos jogar contra a melhor equipe da liga e precisamos de muita concentração e atitude, se desejarmos algo jogando na casa deles."

Sobre o colega Pep Guardiola, Pellegrino falou sobre boas lembranças de seu início no Barcelona e do instinto inovador do ex-meio campista do clube blaugrana.

"Pep sempre foi um jogador inovador. Quando cheguei ao Barcelona, ele me perguntava como jogávamos na Argentina e sempre conversávamos sobre táticas. Tivemos uma excelente temporada ogando juntos, quando ganhamos a Liga."

O treinador argentino não deve ter problemas para escalar seu 11 inicial para o confronto, visto que não tem nenhum desfalque, devendo manter o time que venceu o Everton no último final de semana.