David Silva renova com Manchester City e ficará na equipe até 2020

Meia é um dos principais jogadores da equipe e, assinando contrato de um ano, completará uma década como Citizen

David Silva renova com Manchester City e ficará na equipe até 2020
Foto: Divulgação / Manchester City

Nesta quinta-feira (30), o Manchester City anunciou a renovação do meia David Silva, um dos símbolos do clube na última década. Com a assinatura de contrato de um ano, o atleta terá vínculo até 2020, quando poderá sair sem custo caso não haja outra negociação.

Em entrevista ao endereço oficial da equipe, o espanhol se mostrou animado com a extensão, rasgando elogios ao técnico Pep Guardiola e traçando metas para ainda mais conquistas nos próximos anos.

"Estou muito feliz por me comprometer ao futuro do City. Tenho  muito orgulho do que conquistei aqui em minhas sete temporadas e meia e, com Guardiola no comando, acredito que podemos conquistar mais troféus este ano e nos próximos. Participar desse estilo de jogo é prazeroso e estou ansioso para ganhar mais títulos."

No Twitter, Silva fez um post relembrando quando chegou no clube há sete anos. Na legenda da foto, escreveu: "Quem imaginaria naquela época? Muito feliz em continuar minha carreira nesse grande clube. Obrigado aos torcedores pelo incrível apoio".

O diretor de futebol do clube, Txiki Begiristain, também falou sobre o novo contrato. Ele se mostrou empolgado e otimista com o futuro do camisa 21, tanto dentro como fora de campo.

"Estamos encantados com esse anúncio. Não só porque Silva foi importante para o sucesso do time nos últimos anos, mas também por permanecer como um dos jogadores-chave. Ele tem mostrado que é um dos melhores meias criativos no futebol inglês e será fundamental para o desenvolvimento de nossos jovens talentosos."

David Silva chegou à equipe de Manchester em 2010, poucos dias após ter sido campeão da Copa do Mundo com a Seleção Espanhola. Desde então, já conquistou diversos títulos com os Citizens, como duas Premier League e uma Copa da Inglaterra.

+ Sterling marca golaço no último minuto, City bate Southampton e segue fazendo vítimas