Lukaku garante vitória magra do Manchester United diante do Bournemouth

Em jogo pouco inspirado de ambas as equipes, coube ao centroavante belga resolver a partida

Lukaku garante vitória magra do Manchester United diante do Bournemouth
Foto: Catherine Ivill/Getty Images
Manchester United
1 0
Bournemouth
Manchester United: De Gea; Valencia, Smalling, Jones, Shaw (Young); McTominay, Matic, Mata, Lingard (Herrera), Martial (Rashford); Lukaku.
Bournemouth: Begovic; Smith, Francis, Aké, Daniels; Stanislas (Defoe), Gosling (Cook), Arter, Fraser; King, Wilson (Afobe).
Placar: 1-0, min. 25, Lukaku.
ÁRBITRO: Graham Scott (ING). Cartões amarelos: Gosling (min. 28), Lukaku (min. 43), Arter (min. 64).
INCIDENCIAS: 17ª rodada da Premier League. Jogo disputado em Old Trafford. 74,798 espectadores.

O Manchester United contou com o seu goleador Romelu Lukaku para bater o Bournemouth, por 1 a 0, nesta quarta-feira (13), em Old Trafford, pela 17ª rodada da Premier League. O gol da partida foi marcado pelo centroavante Lukaku. Em jogo pouco inspirado de ambas as equipes, coube ao centroavante belga resolver a partida

O resultado mantém os Red Devils na vice-liderança e na zona de classificação à Uefa Champions League na atual temporada da Premier League. O time de José Mourinho está com 38 pontos, a 11 do líder Manchester City. Já o Bournemouth estacionou na 14ª colocação, com 16 pontos, a dois pontos da zona de rebaixamento.

As duas equipes retornam a campo no próximo fim de semana. O Manchester United visitará o West Bromwich, no próximo domingo (17), enquanto que o Bournemouth enfrentará o Liverpool, em casa, também no próximo domingo.

Lukaku salva a primeira etapa

Os primeiros 45 minutos foram pouco inspirados no Teatro dos Sonhos. Nem o United nem os Cherries conseguiam criar chances muito claras, mas a equipe visitante até esteve melhor em boa parte da etapa inicial. A chuva torrencial em Manchester foi um ingrediente extra para a partida entre as equipes.

Aos 25 minutos, Juan Mata recebeu a bola pela ponta esquerda da intermediária e cruzou na medida para Lukaku subir no meio da defesa dos Cherries e cabecear pro fundo do gol e abrir o placar em Old Trafford. Foi o nono gol do belga com a camisa dos Red Devils na Premier League.

Etapa final de pouca inspiração

O segundo tempo manteve o ritmo pouco inspirado por parte das duas equipes. O Bournemouth, que foi melhor na maior parte da etapa final, não conseguiu ser incisivo o suficiente para surpreender o time de José Mourinho. Enquanto os donos da casa não conseguiram fazer tanta força para aumentar sua vantagem, mas quando teve chances, desperdiçou.

Aos 14 minutos, o atacante Anthony Martial perdeu gol incrível. O meia Juan Mata rolou a bola para Romelu Lukaku, mas a bola sobrou pra Martial na linha da pequena área, sem goleiro, e o atacante francês chutou torto e isolou.

Com a vitória, o United se mantém no radar do ainda imbatível esquadrão do Manchester City, de Pep Guardiola, que chegou a incríveis 15 vitórias seguidas na Premier League. São 11 pontos de distância para o líder, com praticamente um turno de competição transcorrido.