Klopp mostra frustração com empate em casa, mas afirma: "Podemos jogar melhor"

Parado pela defesa do West Brom, o Liverpool teve, segundo Klopp, "um jogo difícil" em que seus comandados estavam "um pouco duros"

Klopp mostra frustração com empate em casa, mas afirma: "Podemos jogar melhor"
Foto: Getty Images/Clive Brunskill

Após o empate sem gols em Anfield, o técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, destacou a dificuldade que os Reds enfrentaram em campo diante do West Bromwich, desde a vigia feita pela defesa do time visitante até a falta de inspiração de seus comandados.

"Foi um jogo difícil, tínhamos um trabalho a fazer. Todos os lugares perigosos foram vigiados e estava claro que eles tentariam de tudo, mesmo em seu campo de ataque. Estávamos um pouco duros, não estávamos no nosso melhor hoje [ontem], três minutos de acréscimo no final do jogo também foi um pouco duro", disse Klopp.

A frustração do alemão com a atuação do time em campo não abala sua motivação. "Não foi bom, mas é nossa responsabilidade, temos que jogar um futebol melhor porque podemos jogar melhor. Precisamos seguir em frente. Não foi nosso melhor jogo mas temos que ir de novo, tivemos chances de vencer", destacou o técnico do Liverpool.

Klopp destacou ainda a boa atuação da defesa, em contraste com as dificuldades encontradas pelos jogadores de frente. 

"Defendemos bem, tínhamos a bola o tempo todo, mas estávamos um pouco duros no primeiro tempo, o tempo do movimento estava muito tarde, o passe foi muito tarde, não foi rápido o bastante. Tivemos três ou quatro grandes chances no primeiro tempo. O segundo tempo foi melhor por que causamos a eles mais problemas, então não era obviamente uma noite de três, quatro ou cinco a zero. O que eu posso dizer? É um ponto a mais, mas não é o que queríamos, é assim que são as coisas", afirmou Jürgen Klopp.

O alemão ainda falou sobre o gol anulado de Dominic Solanke. "O gol anulado foi duro. Muito azar. Solanke usou o peito, 100%. Tivemos boas chances no 1º tempo, mudamos o sistema algumas vezes pra tentar estar nas posições certas, mas não jogamos nosso melhor futebol. A mão na bola - foi um outro momento em que não tivemos nenhuma sorte certamente - não foi um jogo em que tivemos 20 chances, mas tivemos sete, oito", disse Klopp.