Özil marca golaço, Arsenal bate Newcastle pelo placar mínimo e retorna ao G-4

Gunners ocupam quarta posição da Premier League provisoriamente, podendo ser ultrapassado por Liverpool e/ou Tottenham; Magpies ficam próximo da zona da degola

Özil marca golaço, Arsenal bate Newcastle pelo placar mínimo e retorna ao G-4
Alemão acertou belo voleio para dar a vitória aos londrinos (Foto: David Price / Arsenal FC via Getty Images)
Arsenal
1 0
Newcastle United
Arsenal: Cech; Bellerin, Koscielny, Monreal, Maitland-Niles; Xhaka, Wilshere, Iwobi (Welbeck 71'), Özil; Alexis (Coquelin 88'), Lacazette (Giroud 71').
Newcastle United: Elliot; Yedlin, Lejeune, Lascelles, Manquillo; Murphy (Gayle 67'), Hayden, Merino (Diamé 82'), Atsu (Ritchie 54'), Perez; Joselu.
Placar: 1-0, min. 23, Özil.
ÁRBITRO: Stuart Atwell. Amarelos: Hayden 39', Monreal 86', Xhaka 90'.
INCIDENCIAS: partida válida pela 18ª rodada da premier league 2017/18, realizado no emirates stadium, em londres, inglaterra.

Depois de uma série de resultados desgostosos, o Arsenal voltou a vencer na atual edição da Premier League, na tarde deste sábado (16). Jogando no Emirates Stadium, os Gunners bateram o Newcastle por 1 a 0, com belo gol de Mesut Özil. Embora o jogo tenha terminado com o placar mínimo, os anfitriões conseguiram dominar a partida, neutralizando as oportunidades do adversário.

O resultado coloca a equipe liderada por Arsène Wenger na quarta posição, com 33 pontos. A agremiação londrina ainda pode ser ultrapassada por Tottenham e Liverpool, que jogam ainda na rodada. Os Magpies, por outro lado, caem para a 17ª colocação, visto vitórias de rivais diretos nas posições inferiores. O time de Rafa Benítez soma 15 pontos a uma rodada do fim do turno. 

Os dois times retornam a campo no próximo final de semana, quando o Arsenal irá jogar contra o Liverpool na próxima sexta-feira (22), às 17h45. O time do nordeste da Inglaterra voltará a Londres para, dessa vez, enfrentar o West Ham United, no Olímpico da capital, às 13h. Ambos horários pelo de Brasília. 

Özil marca golaço para confirmar supremacia Gunner no primeiro tempo

Durante a etapa inicial da partida, o Arsenal conseguiu se mostrar mais à vontade no gramado, tendo bem mais oportunidades para serem criadas no seu currículo de começo. A equipe estava conseguindo neutralizar as chances do Newcastle, que não conseguia chegar com alguma força ou perigo e, quando conseguiu criar algo, era logo afastado. 

E, quando o relógio passava dos 20 minutos, os donos da casa conseguiram abrir o placar, com Mesut Özil. A jogada iniciou-se com uma boa arrancada de Jack Wilshere, que acabou passando a bola para a direita. Em cruzamento vindo de lá, Sánchez arrematou com força e acabou sendo desviado pela marcação. Na sobra, o camisa 11 não perdoou e bateu de primeira, com força, para abrir o placar no Emirates. 

Depois do primeiro tento do embate, os anfitriões continuaram em cima, tendo mais a bola, trocando passes e tentando aumentar a vantagem, mas nenhuma jogada estava sendo concretizada. Wilshere tentou criar algumas, tendo boa movimentação e participação no primeiro tempo, bem como Iwobi, que costumava puxar alguns contra-ataques. Por outro lado, os Magpies não conseguiram criar algo de perigo no primeiro tempo. 

Arsenal esfria partida, suporta pressão do Newcastle no fim, mas segura resultado

Embora no segundo tempo o Arsenal tenha começado novamente tendo mais posse, foi o Newcastle que apareceu com a primeira oportunidade de perigo. Já quando o relógio marcava 10 minutos, a equipe apareceu pela esquerda, trazendo para a direita e batendo com força, rasteiro, mas Cech, bem colocado, caiu certo para fazer a defesa. A primeira chance dos londrinos veio com Lacazette, que recebeu a bola pela direita e tentou encobrir o goleiro, mas sem sucesso. 

Conforme o tempo foi passando, o jogo foi tomando um ar mais morno, com o Arsenal tentando controlar o relógio tendo a bola nos pés, evitando que o Newcastle conseguisse criar, como fez durante toda a partida. Aos 30 minutos, Wilshere teve uma chance de ampliar o placar, chutando sozinho dentro da área, mas o goleiro Elliot fez ótima defesa para evitar o tento.

Aos 35, Joselu apareceu dando um chute forte de fora da área, mas a bola acabou sendo desviada por Koscielny no meio do caminho e morreu em linha de fundo. No fim, o Newcastle iniciou uma pequena pressão. Já aos 37, Ayoze Pérez aproveitou cruzamento e cabeceou colocado, mas a bola saiu em tiro de meta. Os visitantes não conseguiram mais levar perigo para a meta do Cech neste momento. O Arsenal, então, segurou o resultado e venceu o embate.