Wenger mostra confiança na permanência de Özil no Arsenal: “Não precisa ser convencido”

Técnico francês crê que o meia alemão vive seu melhor momento no clube e acredita que ele quer ficar na equipe após o fim da temporada

Wenger mostra confiança na permanência de Özil no Arsenal: “Não precisa ser convencido”
O contrato de Özil (esq.) no time de Wenger (dir.) se encerra ao fim da temporada (Foto: Shaun Botterill/Getty Images)

Um dos pontos de grande discussão recente no Arsenal tem sido a situação de Mesut Özil. O meia alemão tem contrato encerrado no fim da temporada 2017/18 e há muitos comentários a respeito do seu futuro. Ele já foi especulado em alguns outros clubes, em especial o Manchester United, e acredita-se que ele pode sair até mesmo na janela de janeiro (uma saída ao fim do contrato seria de graça, sem ganhos para os Gunners). Porém, segundo o comandante do time londrino, não há dúvidas de que ele ficará.

Ao ser perguntado sobre o assunto, Arsène Wenger foi categórico: acredita que Özil quer ficar no clube e não precisaria ser convencido a assinar um novo contrato, mas que ao mesmo tempo é difícil cravar algo nesse momento. O camisa 10 está na mesma situação de Alexis Sánchez, outra peça chave do Arsenal que tem contrato se encerrando ao fim desta temporada e pode sair nas próximas duas janelas – o chileno foi fortemente especulado em clubes como o Paris Saint-Germain e o Manchester City após o fim da época passada.

Eu acredito que ele (Özil) quer ficar, não precisa ser convencido (a assinar um novo contrato). Você não quer que ninguém saia e vê onde ficamos nisso. Mas no momento, é muito difícil. Até o final da temporada nós sabemos o que é, mas depois disso, não posso dizer”, disse Wenger.

Apesar de sofrer várias críticas e não ser uma unanimidade desde sua chegada em 2013 (vindo do Real Madrid por £42 milhões), o alemão tem sido fundamental para o funcionamento do time nesta temporada. No último sábado (16), inclusive, marcou em um belo voleio o gol da vitória contra o Newcastle por 1 a 0, no Emirates Stadium. Wenger reconheceu o bom momento de seu meia, fez vários elogios ao seu estilo de jogo e a importância dele no time, e diz acreditar que o alemão vive sua melhor fase desde que chegou ao norte de Londres.

Özil marcou um belo gol na vitória contra o Newcastle (Foto: David Price/Arsenal FC)
Özil marcou um belo gol na vitória contra o Newcastle (Foto: David Price/Arsenal FC)

Sim, certamente (ele está em sua melhor forma no Arsenal). Acho que ele chama a responsabilidade e é isso que você quer dele. Ele está mais maduro, guia o time muito bem, faz muito com a bola e seus batimentos cardíacos sempre abaixam quando ele está com a bola. Eu diria que o mais importante é a qualidade e a influência que ele tem no jogo coletivo, mais do que em seus objetivos. Você não pode esperar para marcar um gol como esse (contra o Newcastle) toda semana, mas você pode jogar como ele joga toda semana. Isso é mais importante. Se ele adiciona isso ao seu jogo, é ainda mais importante”, complementou o francês.

O Arsenal de Özil e Wenger é o quinto colocado na atual temporada da Premier League, com 33 pontos, além de estar nas quartas de final da Copa da Liga Inglesa, na terceira fase da FA Cup e na fase 16-avos de final da Uefa Europa League. O próximo desafio da equipe é contra o West Ham (fora de casa, no London Stadium) nesta quarta-feira (20), pelas quartas de final da Copa da Liga.