Vincent Kompany se forma como mestre em administração

Capitão do Manchester City,  zagueiro terminou seu mestrado pela Alliance Manchester Business School

Vincent Kompany se forma como mestre em administração
Foto: Divulgação/Perfil Pessoal

O defensor belga e capitão do Manchester City, Vincent Kompany, concluiu recentemente seu mestrado em administração, também conhecido como MBA (Master in Business Administration).

Através de sua conta no Instagram, o jogador revelou a sua formação como mestre pela Escola de Administração da Universidade de Manchester. Durante os últimos quatro anos, Kompany passou seu tempo, conciliando sua carreira futebolística com a acadêmica e conseguiu nota 72 em sua dissertação.

O tema de sua dissertação foi analisar como os clubes da Premier League podem ter benefícios ao jogar em casa e como esse fator pode melhorar o desempenho dos jogadores.

"Sempre pensei que a educação é muito importante e isso foi colocado na minha cabeça pela minha mãe desde que eu era bem novo", escreveu Kompany. "Sinto como um tributo justo para minha mãe ao perseguir minha carreira acadêmica estudando um MBA."

"Quando você joga futebol de alto nível, até administrar suas finanças pessoais começa a parecer como gerenciar um negócio. Foi importante para mim entender o que meu contador estava falando sobre e que eu pude, com confiança, avaliar um plano de negócio pra me apropriar essa área pra minha vida", acrescentou o belga de 31 anos.

"Futebol é mais que um esporte", afirmou Kompany. "Ele impacta problemas sociais e é um grande negócio. Fui capaz de focar minha pesquisa na indústria futebolística e como os clubes se beneficiam da vantagem de jogar em casa. Parte disso envolveu entrevista com 25 jogadores que atuaram a alto nível no futebol internacional."

Kompany também disse ter passado por dificuldades no começo do curso, mas está feliz que foi desenvolvendo habilidades e pegando o jeito, até concluir esta etapa de sua vida com sucesso.

"Sinto que eu cruzei a linha de chegada do curso muito melhor do que quando eu comecei e mesmo que eu queira continuar jogando futebol até quando for possível, eu quero, no futuro, usar essa combinação de aprendizado acadêmico e anos de experiência como jogador.", concluiu Vincent.