Newcastle vence líder da quarta divisão; Bournemouth e Leicester terão que enfrentar o replay

Cherries e Foxes empataram com Wigan e Fleetwood respectivamente e jogarão mais uma partida para decidir o seu futuro na competição.

Newcastle vence líder da quarta divisão; Bournemouth e Leicester terão que enfrentar o replay
(Foto: Mark Runnacles/Getty Images)
Newcastle
3 1
Luton Town
Newcastle: Woodman, Manquillo, Lascelles(Hayden 31'), Clark, Dummett; Shelvey(Diame 71'), Merino(Saivet 80'), Murphy, Ayoze Perez, Ritchie; Gayle
Luton Town: Stech, Justin, Mullins, Rea, Potts; Olly Lee, Mpanzu(Cornick 54'), Berry, Shinnie(Gambin 82'); Collins(Lee 68'), Hylton.
Placar: 3-1 Ayoze Perez(30,36'), Shelvey(39'), Hylton(49')
ÁRBITRO: Neil Swarbrick Advertidos: Dummett, Shelvey, Hayden(NEW), Hylton(LUT)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela terceira fase da Copa da Inglaterra que foi realizado no St' James Park em Newcastle Upon Tyne

O Newcastle United não encontrou muitas dificuldades para derrotar o líder da League Two (quarta divisão inglesa), o Luton Town por 3 a 1 e avançou para a quarta fase da Copa da Inglaterra. Ayoze Perez foi o grande destaque do confronto com 2 gols e Jonjo Shelvey ainda aumentou o placar para os Magpies. O artilheiro da quarta divisão Danny Hylton, acabou descontando para o Luton Town.

Agora a equipe de Rafael Benítez aguarda o sorteio que será realizado na segunda-feira, após o confronto entre Brighton e Crystal Palace para conhecer o seu adversário na próxima fase.

No primeiro gol do confronto, o atacante Dwight Gayle cobrou uma falta que foi defendida pelo goleiro Marek Stech, mas no rebote, o espanhol Ayoze Perez estava lá para conferir e abriu o placar para os donos da casa.

A equipe de Rafael Benítez não demorou para aumentar o placar e de novo com o meia-atacante espanhol Ayoze Perez, que não fazia gols em duas partidas consecutivas desde 2016. Em mais um rebote concedido pelo goleiro Stech, após mais um chute de Gayle, Perez acabou mostrando seu oportunismo ao marcar mais um para os Magpies.

Parecia que a dupla formada por Gayle e Ayoze Perez estava dando resultados para o Newcastle. Logo 3 minutos após o segundo gols, os dois tabelaram em frente a área do Luton Town e o centro-avante inglês deixou o meia Jonjo Shelvey numa boa para ampliar o placar para o Newcaslte.

Após deixar o primeiro tempo com uma grande vantagem no placar, a equipe do Newcastle relaxou na partida e deixou a equipe do Luton Town começar a gostar da partida. Logo aos 4 minutos da etapa final, o atacante Danny Hylton recebeu dentro da área, aproveitou a falha do jovem goleiro Freddie Woodman e diminuiu para os visitantes.

Apesar de ter mais posse de bola ao longo do jogo, o Luton não conseguiu criar tantas chances quanto o Newcastle, que terminou a partida com 25 finalizações contra 9 da equipe do Luton.

Leicester não consegue furar a defensiva do Fleetwood e terá que jogar o no King Power Stadium

A grande expectativa em torno deste jogo estava em relação a uma possível volta do atacante inglês Jamie Vardy ao Highbury Stadium, para enfrentar a equipe que deu a oportunidade do goleador jogar a sua primeira partida na Football League em sua carreira. Apesar disso, o Leicester enviou uma equipe mista e jogadores como Vardy, Mahrez e Schmeichel acabaram nem sendo relacionados para o confronto.

A grande chance da partida ficou por conta de uma tentativa do atacante do Fleetwood, Ashley Hunter nos minutos finais que foi interceptada pelo goleiro Eldin Jakupovic.

A curiosidade ficou por conta do goleiro do Fleetwood, Chris Neal, que recebeu a proposta de um patrocinador da equipe inglesa que caso o goleiro não sofresse gol no confronto, que teria pizza de graça por 1 ano. Neal acabou segurando o Leicester e a aposta terá que ser cumprida por parte dos patrocinadores.

Em confronto agitado, Steve Cook salva o Bournemouth da eliminação nos minutos finais

O Bournemouth que poupou alguns de seus jogadores, pensando na sobrevivência na Premier League, recebeu o líder da League 1(terceira divisão inglesa) o Wigan, que foi campeão da competição recentemente ao bater o Manchester City pelo placar de 1 a 0 na temporada de 2012/13.

Para quem pensou que seria um jogo fácil para a equipe de Eddie Howe acabou se enganando, já que o Wigan abriu 2 a 0 em menos de 30 minutos de jogo em pleno Vitality Stadium. O primeiro gol foi marcado pelo atacante norte-irlandês, Will Grigg, no que seria o primeiro gol dos 21 confrontos realizados no horário das 13:00. O segundo gol saiu após o volante Emerson Hyndman acabar traindo o seu próprio patrimônio e marcar um gol contra.

No segundo tempo, as substituições do Bournemouth acabaram surtindo efeito. Os wingers Ibe e Pugh entraram nos lugares de Mahoney e Smith respectivamente e mudaram a história do jogo. A reação veio aos 10 minutos da etapa final, quando o atacante francês Lys Mousset diminuiu para os Cherries e marcou seu primeiro gol em jogos oficiais pela equipe de Eddie Howe.

O empate veio aos 47 do segundo tempo, quando Pugh cobrou escanteio e encontrou o zagueiro Steve Cook para cabecear e garantir o replay para o Bournemouth que agora enfrenta o Wigan no dia 16 de janeiro no DW Stadium.