Kane faz história de novo, Tottenham controla e goleia Everton pela Premier League

Spurs bateram Toffees por 4 a 0 e o camisa 10 se tornou o maior artilheiro do Tottenham na competição ultrapassando Sheringham

Kane faz história de novo, Tottenham controla e goleia Everton pela Premier League
Kane chegou a 98 gols e ultrapassou Sheringham (97) como maior artilheiro dos spurs na Premier League (Foto: GettyImages /  Jordan Mansfield)
Tottenham
4 0
Everton
Tottenham: Lloris; Aurier, Davinson Sánchez, Vertonghen, Davies; Dier (Wanyama 73'), Dembélé (Sissoko 84'); Eriksen (Lamela 86'), Dele Alli, Heung-Min Son; Harry Kane.
Everton: Pickford; Martina, Jagielka, Holgate, Kenny; Gueye, McCarthy (Schneiderlin 72'), Bolasie (Lennon 57'), Rooney, Sigurdsson; Tosun (Calvert-Lewin 61').
Placar: 1-0, min. 26, Son. 2-0, min. 47, Kane. 3-0, min. 59, Kane. 4-0, min. 81, Eriksen.
ÁRBITRO: Craig Pawson, Lee Betts, Daniel Cook (ING) Cartão amarelo: Jagielka (min. 45), Rooney (min. 73)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 23ª rodada da Premier League disputada em Wembley.

Harry Kane não cansa de fazer história na atual temporada. Depois de ter sido o maior artilheiro do ano em 2017, o camisa 10 do Tottenham se tornou o maior artilheiro da história do clube na Premier League, ao marcar dois na vitória por 3 a 0 frente o Everton, neste sábado (13), pela 23ª rodada da competição. Ele passou Teddy Sheringham, que precisou de 101 jogos a mais para fazer 97 tentos. Kane chegou nos 98. Son marcou o outro gol do jogo. 

A vitória dá o 44º ponto dos Spurs, mantendo a quinta posição na tabela, visto que o Arsenal não pode alcançar mesmo que vença - Gunners têm 39 pontos ganhos. O time de Mauricio Pochettino empata em número de pontos com o Liverpool, quarto colocado, mas os Reds ainda jogam na rodada. Já o Everton, permanece na nona posição e perde a chance de se aproximar do Leicester. Toffees têm 27 pontos.

Na próxima rodada (fim de semana dos dias 20 e 21), a equipe londrina joga fora de casa, vai até ao St. Mary’s Stadium encarar o Southamptom. Já os comandados de Sam Allardyce, recebem West Bromwich Albion em Goodison Park visando reencontra a vitória.

Son decide a primeira etapa

O primeiro lance perigoso da partida foi dos donos da casa, em cobrança de falta, Eriksen achou Son que cabeceou e a bola passou perto do gol de Pickford. O Everton não demorou pra contra-atacar, no lance seguinte Rooney finalizou após passe de Cenk Tosun mas a bola foi pela linha de fundo.

Harry Kane, o nome da noite, só apareceu aos 22 minutos em boa finalização que foi defendida por Pickford. O gol de Son sairia quatro minutos depois, após bom passe de Eriksen, Aurier cruzou e achou Son Heung-Min dentro da área, o sul-coreano não perdoou e abriu o placar para os spurs.

A equipe visitante tentou empatar aos 32 minutos, Kenny buscou Cenk Tosun na área, mas o atacante turco não acertou o gol de Lloris. O Tottenham ficou o restante do primeiro tempo apenas administrando, mas o Everton não estava satisfeito com o placar e tentava o empate a todo momento. O meio-campista McCarthy teve a chance de empatar dentro da área, mas finalizou para fora, sem preocupar o goleiro Hugo Lloris. 

Harry Kane e Son: a dupla que deu a vitória ao Tottenham

Na segunda etapa, o Tottenham começou com tudo e o primeiro lance de perigo foi já na primeira investida da equipe da casa, Dier encontrou Son que pelo lado esquerdo arranjou espaço e finalizou de canhota, a bola saiu pelo lado do gol defendido por Pickford. Mas não demorou muito para os comandados de Pocchetino ampliarem o placar, Harry Kane finalizou após assistência de Son Heung-Min e fez o segundo dos spurs. Rooney tentou diminuir o placar logo após o gol de Kane, mas o jogador do Everton acabou mandando a bola para longe do gol de Lloris.

Com o gol já feito, Son decidiu virar garçom e mesmo após ter dado a assistência pra Kane, buscou Dele Alli dentro da área, o jovem inglês finalizou de canhota, mas errou o alvo. O sul-coreano apareceu novamente aos 58 minutos em chute forte que explodiu no poste após passe de Kane. O atacante inglês faria seu segundo gol no próximo lance, Eric Dier cruzou e Kane, de canhota, mandou para dentro, 3 a 0 para o Tottenham. 

Sam Allardyce, técnico do Everton, bem que tentou com as substituições que fez, mas não era mesmo o dia dos toffees. Mesmo com as mudanças, o Tottenham continuava controlando a partida e chegando com perigo, como na finalização de Son Heung-Min da entrada da grande área após passe de Dele Alli. Depois foi a vez da revelação do Tottenham, Dele Alli, chegar e finalizar para a defesa de Jordan Pickford. Eriksen ainda deixou o dele no fim da partida, depois de ótimo contra-ataque, com passes rápidos e bonitos toques de calcanhar, Dele Alli achou Eriksen e o dinamarquês fez 4 a 0 para o Tottenham, fechando o placar em Wembley. 

O jogo seguiu o mesmo tom de toda a partida, domínio e administração do resultado por parte do Tottenham e um Everton que lutou por cada bola mas que faltava perna e qualidade para chegar com perigo ao gol de Lloris.