Kane segue implacável frente às redes, mas Tottenham fica no empate com Southampton

Camisa 10 marcou o seu 99º gol pelo clube londrino; Saints encerram rodada na zona de rebaixamento

Kane segue implacável frente às redes, mas Tottenham fica no empate com Southampton
Foto: Mike Hewitt / Getty Images
Southampton
1 1
Tottenham Hotspur
Southampton: McCarthy; Cédric, Hoedt, Stephens, Bertrand; Lemina (Davis 80'), Oriol Romeu; Tadic, Hojbjerg (Boufal 65'), Ward-Prowse; Gabbiadini (Obafemi 82').
Tottenham Hotspur: Vorm; Aurier (Trippier 72'), Vertonghen, Sánchez, Davies; Dier, Dembélé (Wanyama 84'); Sissoko, Dele, Son (Lamela 70'); Kane.
Placar: 1-0, min. 15, Sánchez (GC). 1-1, min. 17, Kane.
ÁRBITRO: Kevin Friend. Amarelos: Stephens 48', Sissoko 56', Romeu 60', Dembélé 74', Trippier 78'
INCIDENCIAS: partida válida pela 24ª rodada da premier league 2017/18, realizado no St. Mary's Stadium, em southampton, inglaterra.

Um desesperado pelo resultado para se salvar da parte de baixo da tabela. Outro precisando vencer para se manter distante de rivais e se aproximar de outros. Esse foi o cenário antes da partida para Southampton e Tottenham, em partida válida pela 24ª rodada da Premier League 2017/18, realizada neste domingo (21). Contudo, a vitória não apareceu para nenhum dos lados, já que Davinson Sánchez, contra, fez para os donos da casa e Harry Kane igualou em seguida, encerrando em 1 a 1 no St. Mary's Stadium.

Ao fim do embate, os Spurs se manteram na quinta posição, com agora 45 pontos ganhos. A igualdade conquistada diminui a diferença para o Arsenal, sexto colocado, para apenas três. Liverpool pode ainda aumentar a vantagem para o time de Mauricio Pochettino, visto que os Reds ainda jogam na rodada. Por outro lado, os Saints terminam a ronda na zona de rebaixamento, em 18º, com agora 22 pontos conquistados. 

Os dois clubes só voltam a campo no próximo dia 31, pela Premier League, quando o Southampton recebe o Brighton às 17h45 e o Tottenham joga contra o Manchester United em Wembley, quinze minutos mais tarde. Horários pelo de Brasília. 

Sánchez faz contra, Kane faz 99º gol pelo Tottenham e primeiro tempo termina empatado

Estando em perigo na parte debaixo da tabela, com um elenco técnico e jogando em casa, o Southampton não se intimidou em receber o Tottenham. Os donos da casa saíram para o jogo nos primeiros minutos e Gabbiadini já teve uma chance defendida no minuto um, em um arremate de fora da área com a perna esquerda. Aos 8', James Ward-Prowse também chutou de fora, mas a bola saiu em linha de fundo.

Quando o relógio marcava 15 minutos, Sánchez teve a infelicidade de abrir o placar... para o Southampton! Em bola rasteira, o defensor tentou afastar a redonda, mas ela acabou indo para o fundo das redes de Lloris. Não demorou muito, aliás, para que o empate viesse. Em cruzamento vindo de escanteio, aos 17 minutos, Harry Kane venceu a marcação, subiu mais alto no tráfego e cabeceou para fazer o seu 99º gol com a camisa dos Spurs. 

Após o empate, a partida voltou a ficar mais equilibrada. Lemina teve uma chance de chute, aos 25 minutos, mas acabou pegando errado na bola rolada por Gabbiadini, mandando para fora. Próximo dos 30, Davies arrematou com força e cruzado para Sissoko desviar com a chapa do pé, mas o esférico saiu em linha de fundo. Mago das bolas paradas, JWP colocou-a na cabeça de Stephens na entrada da pequena área, mas o atleta não conseguiu finalizar em gol. 

Em duas jogadas semelhantes, Dier arriscou chute ajeitado aos 38, mas McCarthy caiu para fazer a defesa. No outro lado, dois minutos depois, Lemina fez o mesmo, mas Vorm também encaixou a bola. 

Cautela mantém resultado do primeiro tempo

Diferente do que foi o começo da partida, o segundo tempo não teve um início eletrizante. As equipes até que deram velocidade nas transições e no último terço, mas nada que causasse perigo aos gols. Alguns cruzamento rasteiro tirados, chutes de fora bloqueados e passes interceptados foram o mais perto de criação nos primeiros 15 minutos. Aos 20, veio o primeiro susto. Alli aproveitou bola na entrada da área e arrematou rasteiro e cruzado, fazendo a redonda tirar tinta da trave. 

A etapa final continuou com a mesma forma de jogar citada acima. As equipes se mostravam cautelosas em suas saídas de bola, sem forçar tanto, visto o placar empatado e um erro poderia custar caro. Isso, por tabela, não abre espaços para que os times criem oportunidades para marcar mais algum tento, e o jogo ficou refém de jogadas de bola parada, chutes de fora ou arremates que acabaram sendo bloqueados pelo número excessivo de defensores na área. 

A maior oportunidade surgiu próximo dos 40 minutos, quando Sissoko recebeu a bola pela direita, fez jogada para abrir espaço e Lamela acabou recebendo dentro da pequena área, mas chutou bloqueado para escanteio. Uma chance ainda mais perigosa aconteceu aos 44, quando Kane recebeu na área, abriu para a perna esquerda e arrematou, mas a bola saiu em linha de fundo ao passar em frente ao gol.