Chelsea se aproxima de Emerson Palmieri, mas ouve 'não' de Dzeko

Clube londrino chegou a fazer uma proposta para levar a dupla, mas a duração do contrato não agradou o bósnio, que pulou fora da negociação; entretanto, Emerson deve realizar exames ainda nesta semana rendendo € 20 milhões aos cofres romanistas

Chelsea se aproxima de Emerson Palmieri, mas ouve 'não' de Dzeko
Lateral perdeu espaço após longo período afastado por lesões (Foto: NurPhoto/Getty Images)

Faltando poucos dias para o encerramento da janela de transferências de inverno europeu, o Chelsea, se aproxima de um reforço para fechar o ciclo de contratações de meio de temporada. Nesta segunda-feira (29), diversos veículos e jornalistas italianos reportam que o lateral ítalo-brasileiro, Emerson Palmieri, atualmente defendendo a Roma, está próximo de um acerto com os blues.

Segundo o jornalista Gianluca Di Marzio, Emerson deve viajar para Londres ainda nesta segunda-feira, onde vai realizar exames médicos para ser apresentado oficialmente até o dia 31 de janeiro, quarta-feira, quando se encerra o período de contratações.

O lateral-esquerdo estava afastado dos giallorossi desde novembro de 2017, depois de ter rompido o ligamento cruzado anterior e só atuou por apenas 15 minutos na temporada atual. Contudo, já recuperado, negociação com o Chelsea deve render cerca de €20 milhões aos cofres romanistas, mais um bônus de € 8 milhões.

Apesar de não ter atuado na temporada atual, Emerson veio a chamar atenção em 2016-17, quando era comandado de Luciano Spalletti, se tornando titular incontestável da Roma. Entretanto, a lesão que o afastou por meses do gramado, obrigando o clube da capital contratar o sérvio, Alekssandar Kolarov, que vem correspondendo à posição desde que assumiu a titularidade.

Um vai, o outro fica

Embora a transferência de Emerson Palmieri esteja certa para a equipe de Londres, outro que foi monitorado e quase acertou a sua ida, foi o atacante Edin Dzeko. O Chelsea teve o aval da Roma para negociar com ambos os atletas em uma proposta de € 50 milhões, entretanto, o contrato não agradou o homem-gol romanista, que queria um vínculo maior com os blues, visto que já tem 31 anos de idade.

Contudo, nenhuma das partes conseguiu chegar a um consenso, e Dzeko permanecerá na Roma, clube no qual já está adaptado e é querido pelos torcedores, mesmo não vivendo seus melhores dias em frente ao gol.