Sánchez marca em sua estreia no Old Trafford e comanda vitória do United sobre Huddersfield

Chileno foi o grande destaque do triunfo dos Reds Devils no Teatro dos Sonhos

Sánchez marca em sua estreia no Old Trafford e comanda vitória do United sobre Huddersfield
Foto: Alex Morton/Getty Images
Manchester United
2 0
Huddersfield
Manchester United: De Gea; Valencia, Smalling, Rojo, Shaw; McTominay, Matic, Mata (Rashford), Lingard (Pogba), Alexis Sánchez; Lukaku (Martial)
Huddersfield: Lössl; Zanka, Schindler (Hefele), Kongolo; Smith, Billing (Mooy), Hogg, Hadergjonaj; Van La Parra (Tom Ince), Depoitre, Quaner
Placar: 1-0, min. 54, Lukaku. 2-0, min. 67, Sánchez.
ÁRBITRO: Stuart Attwell. Amarelos: Billing (min. 23), Mata (min. 27), Sánchez (min. 45), Smith (min. 47), Hogg (min. 58), Hefele (min. 63)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 26ª rodada da Premier League, disputada em Old Trafford, Manchester, Inglaterra.

Alexis Sánchez estreou no Old Trafford com o pé direito. Principal reforço do Manchester United na janela de transferências de janeiro, o atacante marcou seu primeiro gol com a camisa do time inglês neste sábado (3) na vitória por 2 a 0 sobre o Huddersfield Town. Romelu Lukaku anotou o outro tento. A partida valeu pela 26ª rodada da Premier League.

Com a vitória, o United chega aos 56 pontos e se isola na vice-liderança, abrindo seis pontos para o terceiro colocado Liverpool, que ainda joga na rodada. Já o Huddersfield é derrotado pela quinta vez consecutiva na Premier League e termina a rodada na zona de rebaixamento, visto que o Southampton venceu o West Brom na rodada.

O Manchester United volta a campo no próximo domingo (11) fora de casa contra o Newcastle. O Huddersfield na próxima rodada recebe o Bournemouth também no domingo dia 11. 

Pouca inspiração e criatividade do United no primeiro tempo

Favorito, o United começou trocando passes no campo de ataque e levava mais perigo com seus homens de frente. Até os 20 minutos da primeira etapa, o time de José Mourinho chegou à marca de 80% de posse de bola.

A chance mais perigosa dos Red Devils foi um bom chute do recém-chegado Alexis Sánchez, que obrigou Lössl a fazer ótima defesa. Porém, a torcida do United começava a demonstrar impaciência com o time nas arquibancadas do Old Trafford.

O ritmo do time da casa caiu consideravelmente no fim do primeiro tempo. O Huddersfield era pouco ameaçado e tentava levar perigo no jogo aéreo. E quando o United tinha uma chance de pegar a defesa dos Terriers exposta, a transição era lenta.

United melhora e gols de Lukaku e Sánchez sacramentam vitória em casa

Sánchez pega o rebote do pênalti e marca seu primeiro gol pelo United (Foto: Alex Morto/Getty Images)
Sánchez pega o rebote do pênalti e marca seu primeiro gol pelo United (Foto: Alex Morto/Getty Images)

A etapa final começou com o United mais agressivo, com Alexis Sánchez sendo mais incisivo. A melhora dos Red Devils era considerável e o time foi logo foi recompensado com o gol. Lukaku marcou aos nove minutos após cruzamento de Mata.

Após o gol, o jogo ficou mais morno. O United ainda mantinha a posse, até que aos 21, o árbitro Stuart Attwell marcou pênalti para o time da casa. O chileno Alexis Sánchez, estreando no Teatro dos Sonhos, bateu e o goleiro Lössl defendeu, mas o camisa 7 do United converteu no rebote, 2 a 0. 

Com a vitória cada vez mais próxima, José Mourinho começou a rodar o elenco e promoveu as entradas de Pogba, Martial e Rashford nos lugares de Lingard, Lukaku e Mata respectivamente. Com isso, o United apenas administrou o resultado, visto que os visitantes não ameaçavam a meta de De Gea.