"Foi uma atuação muito convincente", diz Wenger sobre goleada em cima do Everton

Técnico francês enalteceu o desempenho da equipe e dos recém chegados Mkhitaryan e Aubameyang

"Foi uma atuação muito convincente", diz Wenger sobre goleada em cima do Everton
(Foto: Reuters)

Após o Arsenal golear o Everton por 5 a 1 neste sábado (3) no Emirates Stadium, o técnico Arsène Wenger elogiou a atuação de sua equipe e fez algumas ressalvas, na entrevista concedida ao final do jogo.

"Durante o primeiro tempo, nós fomos rápidos, móveis, tecnicamente letais e terminamos muito bem. Os dois novos atletas contratados (Henrikh Mkhitaryan e Pierre-Emerick Aubameyang) se integraram bem. Eles pareciam que já jogavam conosco há muito tempo. No geral, foi uma atuação muito convincente", disse o treinador francês.

Depois de uma atuação de gala, imprimindo muita intensidade e abrindo 4 a 0 na primeira etapa, os Gunners diminuíram o ritmo no segundo tempo, levaram alguns sustos na defesa e viram os Toffees marcarem, impedindo o clean sheet de número 200 do goleiro Petr Cech na Premier League. No entanto, ainda tiveram tempo para ampliarem perto do final, fechando o placar em 5 a 1.

Aos 6 minutos Aaron Ramsey abriu o placar, completando o cruzamento de Mkhitaryan. Após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, Shkodran Mustafi desviou de cabeça no primeiro pau e Laurent Koscielny, de peixinho, empurrou para o fundo das redes aos 14 minutos, fazendo 2 a 0. Cinco minutos mais tarde, de novo Ramsey, batendo de fora da área e contando com o desvio em Eliaquim Mangala, fez o terceiro. Aos 37, foi a vez do estreante Aubameyang, em posição irregular, dar uma cavadinha na saída de Jordan Pickford e aumentar para 4 a 0. Na segunda etapa, Dominic Calvert-Lewin saiu do banco para diminuir para o Everton, mas Ramsey fez mais um, assinalando um hat-trick e fechando a conta.

"Nosso desafio é encontrar um equilíbrio. Nós somos uma equipe muito ofensiva, mas precisamos encontrar um balanço entre atacar e defender. Esse será nosso desafio até o final da temporada", finalizou o técnico.