Lucas estreia, Tottenham ofusca atuação de Higuaín e busca empate com Juventus

Brasileiro entrou em campo na reta final do segundo tempo, e atacante argentino marcou duas vezes; Spurs têm vantagem para o jogo de volta

Lucas estreia, Tottenham ofusca atuação de Higuaín e busca empate com Juventus
Doppietta de Higuaín não foi suficiente para dar a vitória à Juve (Foto: Giuseppe Maffia/NurPhoto via Getty Images)
Juventus
2 2
Tottenham
Juventus: Buffon; De Sciglio, Benatia, Chiellini, Ale Sandro; Khedira (Bentancur, min. 65), Pjanic; Bernardeschi, Mandzukic (Sturaro, min. 75), Douglas Costas (Asamoah, min. 90+2); Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri.
Tottenham: Lloris; Aurier, Vertonghen, Sánchez, Davies; Dembélé, Dier; Lamela (Lucas Moura, min. 89), Dele Alli (Son, min. 83), Eriksen (Wanyama, min. 90+2); Kane. Técnico: Mauricio Pochettino.
Placar: 1-0, min. 2, Higuaín. 2-0, min. 9, Higuaín. 2-1, min. 35, Kane. 2-2, min. 72, Eriksen.
ÁRBITRO: Felix Brych (ALE). Cartões amarelos: Davies (min. 8), Benatia (min. 45), Aurier (min. 47), Higuaín (min. 60), Bentancur (min. 79).
INCIDENCIAS: Partida de ida das oitavas de final da Uefa Champions League, realizada no Allianz Stadium, em Turim, Itália.

Juventus e Tottenham disputaram nesta terça-feira (13), em Turim, um jogo de ótimo nível técnico, válido pela ida das oitavas de final da Uefa Champions League, que terminou empatado em 2 a 2. A Vecchia Signora fez um grande início de primeiro tempo, marcando dois gols com o atacante Gonzalo Higuaín, mas os Spurs tiveram mais volume de jogo na etapa final e conseguiram o empate. O atacante Harry Kane o meia Christian Eriksen anotaram os gols dos visitantes.

A partida também marcou a estreia do meia brasileiro Lucas Moura pelo Tottenham. O jogador reforçou a equipe inglesa na janela de transferências de janeiro após cinco temporadas no Paris Saint-Germain.

Com o resultado, o Tottenham jogará por um empate no duelo da volta, marcado para o dia 7 de março, às 16h45, no Wembley Stadium, em Londres, para chegar às quartas de final. À Juventus, uma vitória com diferença de um gol a fará se qualificar à próxima fase. Outro 2 a 2 leva o embate para a prorrogação. Se persistir o resultado no tempo extra, a partida será decidida nas cobranças de pênalti.

Muita intensidade num primeiro tempo frenético

Higuaín foi o protagonista da Juventus na primeira etapa (Foto: Miguel Medina/AFP)
Higuaín foi o protagonista da Juventus na primeira etapa (Foto: Miguel Medina/AFP)

Os técnicos de Juventus e Tottenham surpreenderam na escalação do jogo no Allianz Stadium. Massimiliano Allegri abdicou do esquema tático 4-3-3 para implantar um 4-2-3-1: sem o meio-campista Matuidi, o comandante italiano escolheu o brasileiro Douglas Costa para ser titular. Mauricio Pochettino, por sua vez, trocou Son por Lamela.

Apesar das modificações, sobretudo de plataforma de jogo, a Juventus teve um início impecável. Não por acaso o placar do estádio apontava 2 a 0 a favor da Juve antes dos dez minutos: dois gols de Higuaín. Em jogada ensaiada, Pjanic levantou a bola por cima da barreira, o camisa 9 apareceu livre e fuzilou no canto direito. Depois, Bernardeschi foi derrubado na área por Davies, e o argentino converteu a penalidade no canto direito.

Empurrada pela torcida, a Vecchia Signora dominou por completo a primeira metade da etapa inicial. Fazia uma pressão intensa no campo de ataque, dificultava a saída de bola dos Spurs e impedia o rival de chegar ao gol bianconero. Porém, o Tottenham se recuperou do começo ruim e igualou as ações no decorrer do confronto.

Aos 25 minutos, Eriksen alçou bola à área, Kane subiu livre e cabeceou firme, mas Buffon realizou grande defesa para evitar o gol. Logo depois, Eriksen soltou uma pancada de fora da área e assustou a meta juventina.

Apesar das duas chances do Tottenham, a Juventus teve uma ótima chance de fazer o terceiro. Higuaín tabelou com Pjanic, deixou Vertonghen sentado no chão e arrematou de canhota, próximo ao poste direito.

O jogo, que estava num ritmo frenético, ficou ainda mais disputado quando Dele Alli, aos 35 minutos, deu um bom passe em profundidade a Kane, que driblou Buffon e bateu de canhota para o gol livre: 2 a 1.

Quando todos pensavam que não haveria mais chances de gol no primeiro tempo, eis que Douglas Costas descolou uma jogada excelente na ponta esquerda, avançou em velocidade e só foi parado por Aurier dentro da área. Higuaín, contudo, soltou uma pancada no travessão e desperdiçou a oportunidade de marcar o terceiro da Juve.

Tottenham volta do intervalo melhor e busca empate

Eriksen, de falta, marcou o gol de empate do Tottenham (Foto: Michael Regan/Getty Images)
Eriksen, de falta, marcou o gol de empate do Tottenham (Foto: Michael Regan/Getty Images)

O ritmo de jogo intenso do primeiro tempo se alastrou pela etapa derradeira. O Tottenham voltou com uma proposta de jogo mais aguda: adiantou suas linhas de marcação e gerou dificuldades à saída de bola da Juventus. Foi a Vecchia Signora, no entanto, quem criou as melhores ações ofensivas dos 45 minutos finais.

Higuaín abriu o jogo na ponta direita para Bernardeschi, o jovem italiano levou para a perna canhota, finalizou e viu Lloris espalmar para fora. Na cobrança de escanteio originada pelo lance anterior, Pjanic cobrou na área, e Mandzukic cabeceou nas mãos do goleiro.

Embora as duas chances da Juve, Tottenham tinha mais volume de jogo. E, em cobrança de falta na intermediária, Eriksen bateu rasteiro, com efeito, no canto de Buffon, que não conseguiu evitar o gol. Mesmo com o empate, o Tottenham continuou propondo jogo, em busca da vitória em solo italiano.

A situação da Juventus de Allegri não era favorável, evidentemente. Para completar, o técnico não dispunha de opções muito ofensivas no banco; com isso, quando Mandzukic precisou deixar o jogo mancando, Allegri mandou a campo o volante argentino, alterando o 4-2-3-1 pelo 4-3-3. Já Pochettino queimou suas três substituições nos últimos minutos da partida, promovendo a estreia do brasileiro Lucas Moura, e fazendo o tempo passar até o apito final do área.

Momento em que Lucas faz sua estreia pelo Tottenham vaga de Lamela (Foto: Michael Regan/Getty Images)
Momento em que Lucas faz sua estreia pelo Tottenham vaga de Lamela (Foto: Michael Regan/Getty Images)