Jobson apronta mais uma e vai parar na delegacia de São Caetano do Sul
Jobson foi detido às 2h30 desta terça-feira e liberado às 9h (Foto: Eduardo Anizelli/Folha Press)

O atacante Jobson, do São Caetano, se envolveu em mais uma confusão na carreira. Na madrugada desta terça-feira, o jogador de 25 anos foi parar na delegacia de São Caetano do Sul, acusado de ter agredido a mulher Thayne Bárbara. 

O atleta foi detido por volta das 2h30, após ser atendido em um hospital da cidade, com um corte no braço direito. De acordo com Thayne, ele teria socado um vidro da casa em uma tentativa de agressão. Já para Jobson, foi um acidente o ferimento e negou a acusação. O atacante foi liberado por volta das 9h após depoimento e novamente encaminhado ao hospital para cuidados médicos.

Segundo seu empresário e o São Caetano, Jobson não se pronunciará sobre o ocorrido, conforme havia a confirmação de manhã de que ele falaria nesta quarta-feira. 

A mulher, com uma mala em mãos, afirmou que não foi a primeira vez que foi vítima de agressão vinda dele e que não volta mais para casa após o episódio. O advogado do jogador assegurou que o casal estava separado e se via apenas por causa de uma criança.

Jobson, que apareceu para o futebol no Botafogo (no Brasileirão de 2009), se envolveu em mais duas confusões ao longo da carreira. Foi suspenso por dois anos após uso de cocaína, flagrado em exame anti-doping, ainda pelo Fogão, e se envolveu em polêmicas de indisciplina no Bahia.

VAVEL Logo