Estreante Josué marca, Galo dá show e vence o Tupi
Foto: Divulgação/Atlético-MG-Bruno Cantini

O Atlético-MG segue invicto no Independência e segue encantando a sua torcida. Com uma grande atuação, marcada por muita intensidade, correria e jogadas de efeito, o Galo passou fácil pelo Tupi e continua na cola do Cruzeiro na tabela do Campeonato Mineiro.

Atlético-MG soberano no primeiro tempo constrói placar com tranquilidade

O Galo já começou o jogo pressionando, logo na saída de jogo, aos 15 segundos, a bola foi lançada para o ataque, Ronaldinho dominou e Jô quase marcou.

A pressão continuou, o Atlético-MG jogava melhor, mas enfrentava um Tupi que também estava bem no jogo, tentando fazer uma boa marcação e conseguindo alguns bons ataques. Mas aos 17 minutos, o zagueiro artilheiro Réver recebeu de Jô e chutou colocado, com a perna esquerda, inapelável para o goleiro Tadeu. O Atlético continuou jogando de forma ofensiva, buscando o gol e o conseguiu aos 25 minutos. Ronaldinho bateu falta na trave, a bola viajou para o meio da área, Jô subiu, ganhou do goleiro Tadeu e mandou a bola para as redes. O segundo gol deixou o Atlético ainda mais tranquilo no jogo e a equipe apenas administrou o placar.

A única notícia ruim para o Galo no primeiro tempo foi a lesão de Bernard, que se machucou no ombro depois de dividida com o zagueiro Fabrício Soares. O jogador deve parar por três semanas.

Show atleticano completo no segundo tempo e mais uma vitória assegurada

O Atlético-MG voltou ainda mais determinado para o segundo tempo, marcando muito e jogando com fluidez, fazendo boas tabelas e tramas interessantes no ataque. O Galo já teria aumentado o placar aos 6 minutos da segunda etapa, se o bandeira não anulasse um gol legítimo de Jô que concluiu bom cruzamento de Ronaldinho. O time atleticano levou a torcida à loucura com jogadas de efeitos, principalmente com Ronaldinho e Tardelli que distribuíram "chapéus' e "rolinhos" nos adversários. O terceiro gol veio do estreante Josué que  aproveitou bem o rebote do goleiro após chute de Jô aos 13 minutos.

Jogando em velocidade e com toques curtos, o Galo continuou criando chances e marcou o 4º gol com Ronaldinho. Tardelli iniciou a jogada e tocou para Jô que inteligentemente fez o corta luz deixando para Ronaldinho; o camisa 10 concluiu com a classe de sempre, sem tanta força, somente o suficiente para colocar a bola no cantinho, sem chances para Tadeu.

Com a goleada no placar, o Galo tirou o pé do acelerador e administrou o placar até o fim do jogo. O lateral esquerdo Alonso ainda marcou um belo gol de falta, ao estilo Ronaldinho, nos minutos finais de jogo, uma forma de prêmio de consolação para o Tupi que mesmo sendo goleado, continuou tentando jogar limpo e com a bola no chão. Mas os três pontos ficaram mesmo com o Galo, que mais uma vez não deu chances ao seu adversário jogando em sua casa.

Os próximos compromissos de Galo e Tupi

O Atlético-MG volta a se concentrar na Libertadores nessa semana. O time de Cuca enfrenta o Arsenal de Sarandi na próxima quarta-feira (03), no Independência às 22h00. O Tupi tenta se recuperar no Campeonato Mineiro no sábado (06), em Juiz de Fora.

VAVEL Logo